A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
Enem

A força do interior

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Sexta, 01 de Fevereiro de 2019, 13h33 | Última atualização em Domingo, 03 de Fevereiro de 2019, 22h17 | Acessos: 1098

Levantamento da Proen mostra rendimentos surpreendentes de estudantes do IF Goiano.

Kleysson Souza, 18, obteve a maior nota de toda a Instituição. Foi aprovado para o curso de medicina na UFG
Kleysson Souza, 18, obteve a maior nota de toda a Instituição. Foi aprovado para o curso de medicina na UFG

Foi-se o tempo em que, para obter aprovação ou estudar uma graduação concorrida, era necessário mudar-se para a Capital. Prova disso foi o bom desempenho dos estudantes de cursos técnicos integrados do Instituto Federal Goiano (IF Goiano) no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018.

A Instituição tem 12 campi espalhados em diversas regiões do Estado, mas nenhum em Goiânia. E os alunos do interior mostraram que não estão para brincadeira: levantamento realizado pela Pró-Reitoria de Ensino (Proen) mostrou que todas as unidades tiveram discentes com rendimentos acima de 3,2 mil pontos nas notas gerais (média das dimensões) e de 800 na redação, dentre os mil possíveis.

As notas garantiram vagas nos mais diversos cursos em instituições públicas pelo país, como medicina, direito, nutrição, agronomia, engenharia, entre outros - muitos ofertados também em cidades distantes de capitais. O resultado faz crer que, embora a educação profissional e tecnológica oferecida pelo Instituto não tenha como foco específico a preparação para o ensino superior, ela empodera jovens das cidades menores de conhecimento e alimenta sonhos e expectativas.

De malas prontas para Catalão, Kleysson Gonçalves de Souza, 18, já faz planos até para sua especialização: quer se tornar um cirurgião. Aprovado em medicina na Universidade Federal de Goiás (UFG) , o egresso do curso técnico integrado em Informática é natural de Campos Belos, situada do nordeste goiano, distante a 630 quilômetros de Goiânia e que tem um campus do IF Goiano. Kleysson teve a maior nota geral no Enem entre os alunos da Instituição e nunca estudou em escola particular. "Meus pais não têm condições", justifica. Mas é certo que esses pais estão orgulhosos do primeiro médico da família.  

Assim como Kleysson, Túlio Castro de Souza, 17, se prepara para mudar de Rio Quente - município com pouco mais de três mil habitantes no Sul do Estado. Segunda nota mais alta no Enem entre os alunos do IF Goiano, escolheu cursar Engenharia Mecânica na Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Escolheu porque havia opções: ele também obteve aprovação em Engenharia Civil na Universidade Estadual de Goiás (UEG). Túlio é egresso do curso técnico integrado em Informática do Campus Morrinhos, para onde se deslocava diariamente pela manhã e saía somente no início da noite.

Apesar de buscarem novos rumos para o futuro profissional, tanto Túlio quanto Kleysson acreditam que o conhecimento trazido pela formação técnica no IF Goiano foi importante para o Enem e também será aproveitado na graduação. "A tendência é que todas as áreas sejam cada vez mais informatizadas, então com certeza vou aproveitar o que aprendi no IF", garante o campo-belense. 

Mais que isso, os egressos asseguram que o ensino do Instituto os preparou para além do ingresso em uma faculdade. “No IF Goiano tive a oportunidade de fazer monitoria, projetos de ensino, de extensão e palestras, o que nos faz acreditar na nossa capacidade”, explica a estudante egressa do Campus Ceres Mariana Mérida de Souza, 17, terceira colocada do IF Goiano na nota geral do Enem. Mariana não conseguiu pontuação suficiente para o curso desejado, medicina, embora tenha sido aprovada em direito. Mas está longe de desistir. “O caminho é longo mas sei que estou cada vez mais próxima”, confia.

Os três alunos creditam parte do sucesso aos ensinamentos oriundos do IF Goiano, só que fizeram literalmente, também, o dever de casa, estudando de quatro a seis horas diárias após a escola. “Revisava o que aprendia por meio de cursinhos online”, revelam Kleysson e Túlio. No caso de Mariana, ela focou os estudos nos assuntos cobrados nas matrizes do Enem e buscou controlar seu tempo na redação – um grande desafio para exames longos. Sim, além de determinação, estudar também requer estratégia e não existe fórmula mágica. 

Proeja – Além dos grandes destaques, há dezenas de casos no IF Goiano que merecem a atenção não pelas “supernotas”, mas pelas histórias de superação. É o caso de Rosângela Laura Braghin, 37, egressa em 2018 do curso técnico em Alimentos do Campus Rio Verde. Depois de se mudar de cidade e ficar 14 anos sem estudar, ela retornou para casa e voltou a se sentar em uma carteira escolar, conseguindo aprovação no curso de Ciências Biológicas da própria unidade. “Desde que visitei essa escola, ainda criança, meu sonho era estudar aqui”, comemora. O Campus Rio Verde é o único da Instituição que não oferta o ensino médio integrado aos cursos técnicos, a não ser na Educação de Jovens e Adultos profissionalizante.

Dever cumprido – “Alunos do interior - especialmente das regiões menos favorecidas economicamente – e que se destacam em exames como o Enem ou obtêm aprovações em cursos superiores, mostram que a educação é o caminho para uma sociedade menos desigual”, afirma o pró-reitor de Ensino do IF Goiano, Virgílio Erthal. “Prova, ainda, que o Instituto tem cumprido seu papel de levar educação profissional e tecnológica de qualidade, pública e gratuita para o interior”, complementa.

Diretor-geral do Campus Trindade, Júlio Cézar Garcia, faz coro a Virgílio. “Ainda que o intuito da educação básica e tecnológica seja a formação humana em várias dimensões, os alunos do IF Goiano, além de obterem êxito na formação técnica, têm apresentado resultados satisfatórios em avaliações como o Enem”, finaliza. É egresso da unidade o estudante do Instituto que obteve a quarta maior nota geral no exame (confira relação abaixo).

 

                                   MAIORES NOTAS NO ENEM - GERAL*

NOME NOTA CAMPUS
KLEYSSON GONÇALVES DE SOUZA 3784,7 CAMPOS BELOS
TÚLIO CASTRO DE SOUZA 3636,6 MORRINHOS
MARIANA MÉRIDA DE SOUZA 3610,5 CERES
GUILHERME CARLOS ROQUE VIEIRA SOUZA 3586,5 TRINDADE
NATANAEL ALVES FERNANDES 3581,5 URUTAÍ
JOÃO VICTOR MARTINS BARROS 3578,3 IPORÁ
WALISSON GABRIEL DOS SANTOS 3518,9 CATALÃO
GEOVANA CASTRO DA COSTA 3493,9 IPAMERI
LEONARDO HENRIQUE DE ASSIS SILVA 3417,2 RIO VERDE
GUSTAVO NANDI LUCAS 3371,6 CRISTALINA
RAFAEL MONTEIRO ALVES 3298,6 HIDROLÂNDIA
KAUANY MISSENNA ZANON DE ANDRADE 3213,9 POSSE

 

                         MAIORES NOTAS NO ENEM - REDAÇÃO*

NOME NOTA CAMPUS

KLEYSSON GONÇALVES DE SOUZA

ATHERSON MENDES ALVES

960 CAMPOS BELOS
VANESSA VIEIRA FRANCO 960 CERES
PAULO LOURENÇO BORGES NETO 940 MORRINHOS
BRUNO SOUSA DE MATOS 940 IPORÁ
INGRID PORTILHO DA SILVA 940 TRINDADE
RAIANNE CARDOSO DOS SANTOS 920 HIDROLÂNDIA
GIOVANA JÚNIOR PIRES 920 URUTAÍ
WALISSON GABRIEL DOS SANTOS 900 CATALÃO
YARA MARTINS CORREA 900 CRISTALINA
ISABELA FREITAS BORGES 900 IPAMERI
LEONARDO HENRIQUE DE ASSIS SILVA 880 RIO VERDE
KAUANY MISSENA ZANON DE ANDRADE 800 POSSE

*Entre egressos de 2018 ou discentes do IF Goiano

 

Coordenação Geral de Comunicação Social e Eventos

Com Ascom dos campi Ceres e Trindade

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página