A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
Campus Ceres

Começa II Fórum dos Coordenadores de Curso

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Sexta, 22 de Março de 2019, 08h38 | Última atualização em Segunda, 25 de Março de 2019, 15h40 | Acessos: 478

Evento reúne coordenadores de cursos de níveis médio e superior e pessoal dos departamentos de Ensino de todo o IF Goiano.

Coordenador de Ensino do Campus Morrinhos, Odilon Neto, falou da necessidade de humanizar o atendimento ao estudante para garantir sua permanência
Coordenador de Ensino do Campus Morrinhos, Odilon Neto, falou da necessidade de humanizar o atendimento ao estudante para garantir sua permanência

 A segunda edição do Fórum de Coordenadores de Curso do Instituto Federal Goiano (IF Goiano) teve início na tarde de quinta-feira, 21. O encontro, com o tema O papel do coordenador de curso frente aos desafios acadêmicos e da gestão educacional, visa discutir os desafios e entraves na formação acadêmica, em todas as unidades da Instituição. Envolvendo coordenadores dos cursos técnicos e das graduações, o Fórum tem caráter itinerante, sendo realizado neste ano no Campus Ceres. 

Além dos coordenadores de curso, diretores de Ensino e outras autoridades de diversos campi se fizeram presentes, além dos pró-reitores da Instituição e do reitor, Vicente de Almeida. Este, em sua fala, salientou a importância da figura do coordenador de curso sempre à frente da realidade de estudantes e professores e convivendo cotidianamente com as dificuldades apresentadas. Vicente falou, ainda, sobre o modelo de formação dos Institutos Federais, destacando a interiorização da educação como uma experiência exitosa e que deve ser levada adiante. 

A programação do Fórum se divide entre os dias 21 e 22. No primeiro dia, além da abertura, foi realizada a palestra com o professor Odilon Neto, do Campus Morrinhos do IF Goiano, que versou sobre aspectos humanizados na coordenação de curso, e a mesa-redonda sobre políticas de permanência e êxito dos estudantes.

Odilon narrou brevemente sua trajetória enquanto docente da Rede Federal, que completa 15 anos em 2019, e chamou atenção para o papel do coordenador como companheiro dos estudantes, inclusive nos cursos superiores. “O estudante de graduação pode depender mais de um braço estendido que o do técnico, porque ele já é maior de idade e por isso, sem o braço estendido, ele vai embora, ele larga o curso”, defende o professor.

Para o palestrante, ultimamente se tem preocupado muito com questões burocráticas, como sistemas acadêmicos, deixando de lado o “ser humano” em relação aos estudantes, que muitas vezes buscam no coordenador uma pessoa para discutir planos de futuro profissional ou resolver inquietações pessoais. Odilon Neto defende que o “atendimento humanizado”, que conseguirá reter o estudante no curso, deve ocorrer em todos os âmbitos da vida acadêmica - da sala de aula e coordenação, passando pela secretaria escolar e chegando a espaços de convivência, até mesmo a cantina.

Permanência e êxito – Após a fala do palestrante, teve início a mesa-redonda composta pelos pró-reitores de Ensino, Pesquisa, Extensão, Administração e Desenvolvimento Institucional. Além deles, participam do momento também o diretor de Ensino do Campus Ceres, Adriano Braga, a coordenadora de Apoio Pedagógico local, Miriam Macedo, e estudantes integrantes das representações estudantis - Grêmio e centros acadêmicos. A proposta foi apresentar e discutir os resultados das pesquisas sobre evasão escolar, realizadas com estudantes e servidores de todo o Instituto, e ouvir também os depoimentos dos estudantes, a fim de compreender quais são os obstáculos a serem vencidos para garantir a permanência do estudante e sua formação. 

 

Acesse a programação do evento aqui

 

Ascom Campus Ceres

registrado em:
Fim do conteúdo da página