A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
Internacionalização

IF Goiano recebe primeiro aluno estrangeiro para mestrado

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Quinta, 23 de Julho de 2020, 10h10 | Última atualização em Segunda, 27 de Julho de 2020, 09h03 | Acessos: 1173

Estudante oriundo da Bolívia cursará o mestrado em Proteção de Plantas no Campus Urutaí em iniciativa que visa internacionalização dos programas de Pós-graduação. 

imagem sem descrição.

O Instituto Federal Goiano recebe, pela primeira vez, um aluno de outra nacionalidade para cursar Mestrado. O discente Noel Gonzales Linares é oriundo da cidade de Montero, capital da província de Obispo Santistevan, do departamento de Santa Cruz (Bolívia), e está matriculado no Mestrado em Proteção de Plantas do IF Goiano - Campus Urutaí. A iniciativa faz parte de esforço institucional para internacionalização dos programas de Pós-graduação.

Noel Gonzales é Engenheiro Agrícola pela Universidad Autonoma Gabriel René Moreno (Santa Cruz de la Sierra) e foi indicado pelo técnico Donato Vargas Montaño (técnico do Servicio Departamental Agropecuario de Santa Cruz, Sedacruz, que possui parceria técnico-científica com o Campus Urutaí. 

Seu projeto de Mestrado terá atividades desenvolvidas na Bolívia e no Brasil com foco no controle biológico em cultivos protegidos, uma forma mais ambientalmente amigável de manejo de pragas e estará sob orientação do Prof. Dr. Alexandre Igor Azevedo Pereira..Para  Noel, a oportunidade de cursar o Mestrado em Proteção de Plantas, fora do país de origem, servirá para adquirir conhecimentos e transferi-los para sua realidade local.

Segundo o Coordenador do Mestrado Profissional em Proteção de Plantas, Marco Antônio, esse pioneirismo é importante, pois se trata de uma etapa essencial para atividades de internacionalização na Pós-Graduação. “Ter a oportunidade de receber um aluno de outro país agrega muito ao Mestrado, e pode tornar-se um exemplo de estímulo para a recepção de alunos oriundos de outros países, fortalecendo ações de internacionalização já executadas pela instituição”, diz.

Internacionalização - Atualmente o IF Goiano possui acordos de cooperação com Instituições de Ensino e Centro de Pesquisas na Europa e nos Estados Unidos onde diversos servidores e estudantes já cursaram o Doutorado e Pós-Doutorado. Estudantes do IF Goiano também tem utilizado estas oportunidades ampliando suas experiências em atividades de Pesquisa e Pós-Graduação. A internacionalização da atuação institucional é um critério de grande relevância na avaliação dos indicadores institucionais, sobretudo dos Programas de Pós-Graduação pela CAPES.

De acordo com o pró-reitor Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Alan Costa. o  IF Goiano ainda discute novos acordos com Universidades da Colômbia e mais oito países Ibero-Americanos, objetivando o compartilhamento de experiências, intercâmbio de pesquisadores e estudantes, e desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão por meio de uma rede de pesquisadores que será formada.

 

Diretoria de Comunicação Social

registrado em:
Fim do conteúdo da página