A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
Agro Centro-Oeste Familiar

Plantas alimentícias não convencionais são tema de oficina

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Quinta, 10 de Maio de 2018, 14h04 | Última atualização em Terça, 15 de Maio de 2018, 15h42 | Acessos: 525

Atividade foi realizada na manhã da quinta-feira, 10, na Agro Centro-Oeste Familiar. 

O uso de Plantas Alimentícias não Convencionais (Pancs) foi assunto de oficina ministrada por servidores do Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (Siass IFG/IF Goiano) na Agro Centro-Oeste Familiar 2018. A atividade integrou a programação da manhã do segundo dia de evento e demonstrou as possibilidades de uso de Pancs como estratégia de promoção da saúde do trabalhador.

Sob o comando das servidoras do Instituto Federal de Goiás  (IFG) Ariandeny Furtado e Paula Abrantes, e de servidora do IF Goiano, Ana Paula Belo, a oficina foi iniciada com discussão sobre a qualidade da alimentação nos dias de hoje e seu impacto sobre a saúde das pessoas. “Precisamos refletir a lógica de consumo à qual estamos submetidos na produção alimentar”, afirma Ariandeny.

Em sua exposição, Paula também questiona o aumento de índices de diversos índices de doenças e sua relação direta com a forma com que os alimentos são produzidos e consumidos.

Em seguida, as palestrantes apresentaram diversas possibilidades de alimentação por plantas que são considerada comumente como “pragas” ou de pouco valor alimentar. Ana Paula destaca que este tipo de alimento possui potencialidades nutricionais, socioassistenciais, simbólicas e ambientais em seu consumo e cultivo. “Em diversos lugares, algumas destas plantas já são consideradas iguarias e estão presentes até mesmo em pratos de restaurantes com preço elevado”, comenta a servidora do IF Goiano.

Ana Paula afirma que as Pancs possibilitam o consumo das folhas, frutos, flores, talos, raízes e sementes.. Para ela, a utilização deste tipo de planta traz diversos benefícios à saúde, tais como: leve digestão, auxiliam na sensação de saciedade, são ricas em fibras, possuem baia quantidade de calorias,  quantidades significativas de vitaminas, minerais, proteínas, carboidratos e contém substâncias funcionais.

 

Acesse a cobertura completa do evento

 

Coordenação geral de Comunicação Social e Eventos

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página