A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
Desafio da Educação

Mec premia estratégias de aprimoramento do ensino Profissional e Tecnológico

Publicado: Segunda, 19 de Setembro de 2016, 19h28 | Última atualização em Quinta, 22 de Setembro de 2016, 17h59 | Acessos: 377

Premiações para pessoas físicas chegam a R$ 2 mil. Já cursos e escolas podem ser contemplados com até R$ 25 mil.

Chamado de Desafio da Educação Profissional e Tecnológica, o Ministério da Educação está promovendo uma ação visando o aprimoramento da Rede ETP. Este projeto é uma consulta pública, por meio da qual todos os cidadãos são convidados a enviar propostas, curtir, comentar e compartilhar experiências exitosas para o desenvolvimento da educação profissional e tecnológica do país.

O Desafio está dividido em três rodadas, que se diferem por temas de atuação. Atualmente, o projeto está recebendo projetos para a primeira e segunda rodadas. Interessados devem enviar propostas até 27 de setembro, para a primeira rodada, e até 25 de novembro, para a segunda rodada. Já a terceira etapa será promovida no período de 23 de janeiro a 24 de março de 2017 (veja edital abaixo com os temas de cada rodada).

As propostas recebidas serão avaliadas por um comitê formado por agentes públicos e especialistas. Para essa avaliação, serão considerados os seguintes critérios: viabilidade de implementação por cidadãos, entes públicos ou privados; introdução de inovação no que tange a práticas anteriores; utilização eficiente de recursos (materiais, financeiros, humanos, organizacionais e tempo); e previsão de resultados positivos quanto à contribuição para a resolução do desafio ou quanto aos direitos dos cidadãos.

Os participantes serão classificados de acordo com a sua contribuição e participação na consulta pública. Os mais bem classificados serão premiados conforme as seguintes categorias: participantes individuais (pessoa física); cursos técnicos e de graduação de Institutos Federais de Educação Profissional, Científica e Tecnológica; cursos técnicos e de graduação das Universidades Federais; e escolas públicas estaduais e municipais em cada uma das cinco regiões do país. As premiações para pessoas físicas chegam a R$ 2 mil. Já cursos e escolas podem ser contemplados com até R$ 25 mil.

As melhores propostas serão selecionadas, organizadas e recomendadas para implementação pela população e/ou por entidades públicas e privadas. As experiências serão selecionadas e utilizadas para exemplificar e dar visibilidade às ações, bem como estimular a mobilização. Entes públicos e privados participantes do projeto fornecerão periodicamente informações a respeito das propostas que estão sendo implementadas e dos resultados obtidos. As propostas que possibilitarem resultados de maior impacto receberão mais estímulos para novas implementações.

 

Clique e veja o Edital
Acesse o site do Desafio da Educação Profissional e Tecnológica

 

Coordenação-Geral de Comunicação Social e Eventos

registrado em:
Fim do conteúdo da página