A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Página inicial > Últimas Notícias > IF Goiano participa de última reunião do ano do CRTI
Início do conteúdo da página
CRTI

IF Goiano participa de última reunião do ano do CRTI

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Terça, 18 de Dezembro de 2018, 16h20 | Última atualização em Segunda, 14 de Janeiro de 2019, 14h08

Conselho de Gestão do Centro Regional para o Desenvolvimento Tecnológico e Inovação faz balanço das ações realizadas em 2018. Encontro também é marcado pela realização de homenagem.

O Conselho do Centro Regional para o Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (CRTI) realizou, na segunda-feira, 17, sua última reunião de 2018. Durante o encontro foi apresentado o balanço das ações realizadas em 2018. O Instituto Federal Goiano (IF Goiano) foi representado no evento pelo reitor em exercício, o pró-reitor de Desenvolvimento Institucional Elias Monteiro, pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Fabiano Guimarães, pelo diretor de Pesquisa e Pós-Graduação do Campus Rio Verde e Conselheiro do CRTI, Alan Carlos Costa e pela coordenadora do mestrado em Biodiversidade e Conservação, Juliana Sales.

O CRTI é um centro multiusuário e multi-institucional dotado de capacidade analítica diversificada e voltado para atender a demandas científicas, tecnológicas e de inovação provenientes de universidades, centros de pesquisa, governos e empresas. De acordo com o Centro, em 2018, houve um aumento na procura de empresas para a realização de análises. Segundo pró-reitor do IF Goiano, Fabiano Guimarães, essa alta é positiva pois gera uma sustentabilidade financeira para o Centro, uma vez que as análises para as Instituições de Ensino Superior (IES) são de custo baixíssimo.

A missão do CRTI é atender projetos de pesquisa e desenvolvimento de universidades, centros de pesquisa, órgãos governamentais e empresas, assegurando sempre a excelência técnica e científica de seus serviços. O mesmo está Organizado em Quatro Divisões: Divisão de Análise Química e Estrutural (DAQE), Divisão de Imagens e Análise Pontual (DIAP), Divisãode Cromatografia Aplicada (DCAP) e Divisão de Infraestrutura Complementar (DIEC).

Alan explica que esses Laboratórios são de extrema importância para praticamente todos Programas de Pós-Graduação do IF Goiano. Eles estão a disposição da Instituição para a realização de análises extremamente avançadas. Segundo Fabiano, a previsão é que, em 2019, a pró-reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação realize ações a fim de divulgar o CRTI entre seus pesquisadores. "É uma estrutura a disposição do IF Goiano que não está sendo utilizada de acordo com seu enorme potencial", explica.

Instalado em um edifício de 1.704,48 m2, no Parque Tecnológico Samambaia, as atividades do CRTI foram iniciadas em dezembro de 2013, em caráter experimental e com instalações parciais. Atualmente o CRTI está em pleno funcionamento, atendendo a demandas diversas. Faz parte de seu conselho de gestão pesquisadores das IES Goianas, FAEG, FIEG, Governo de Goiás, e é presidido pela Presidente da FAPEG. O IF Goiano é representado pelo diretor de Pesquisa e Pós-Graduação do Campus Rio Verde, prof. Alan Carlos Costa.

Nesta última reunião de 2018 foi realizada também homenagem a presidente do Conselho de Gestão do CRTI, professora Maria Zaíra Turchi (Presidente da FAPEG).
 

Coordenação Geral de Comunicação Social e Eventos

registrado em:
Fim do conteúdo da página