Preparo de sementes de corda-de-viola para o teste de tetrazólio utilizando micro-ondas

Authors

  • Raphael Branco Araujo Escola Superior de Agricultura 'Luiz de Queiroz' http://orcid.org/0000-0003-3813-6264
  • Fabrícia Cristina dos Reis Universidade de São Paulo
  • Ana Dionisia da Luz Coelho Novembre Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.33837/msj.v1i4.108

Abstract

O objetivo deste trabalho foi estudar o preparo das sementes de corda-de-viola (Ipomoea hederifolia L.) para o teste de tetrazólio. Inicialmente foi determinada a cinética de absorção de água pelas sementes, para determinar o nível adequado de hidratação dos tecidos para a avaliação pelo teste de tetrazólio. Em seguida, as sementes, escarificadas e não escarificadas, foram hidratadas até atingirem 20% de água, entre papel e por radiação de micro-ondas por 30, 45 e 60 segundos. Após a hidratação, as sementes foram seccionadas longitudinalmente, no sentido da largura, e foram mantidas durante 1 hora e 15 minutos em solução de sal de tetrazólio (0,075%) a 25°C para avaliação de viabilidade. Foram utilizados dois diferentes lotes de sementes e duas repetições de cada. As médias foram comparadas pelo teste de Tukey. O preparo adequado para sementes não escarificadas é com a utilização da radiação micro-ondas por 45 segundos e o período de coloração de sementes é de uma hora e quinze minutos a 25°C.  Assim, o tempo de preparo de sementes de I. hederifolia para o teste de tetrazólio com raios micro-ondas foi diminuído de 3 a 4 horas quando comparado com o método entre papel.

Author Biography

Raphael Branco Araujo, Escola Superior de Agricultura 'Luiz de Queiroz'

Atualmente é discente de mestrado do programa de Fitotecnia da ESALQ/USP, orientado pelo Professor João Alexio Scarpare Filho. Possui projeto de pesquisa com título "Avaliação de Propágulos de Cana-de-açúcar (Saccharum officinarum L.)." Estuda o desenvolvimento inicial de mudas de cana-de-açúcar e suas relações com idade cronológica de gemas, reserva de colmo e aplicação de biorreguladores. Engenheiro agrônomo graduado na Faculdade de Ciências Agronômicas - UNESP/ Campus de Botucatu. Suas principais experiências durante o curso de graduação tiveram enfoque na fitotecnia, especificamente nas áreas de produção de plantas e análise de sementes.

References

AZANIA, A. A. P. M. et al. Métodos de superação de dormência em sementes de Ipomoea e Merremia. Planta Daninha, v. 21, n. 2, p. 203-209, 2003.

AZANIA, C. A. M. et al. Superação da dormência de sementes de corda-de-viola (Ipomoea quamoclit e I. hederifolia). Planta Daninha, v. 27, n. 01, p. 23-27, 2009.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília, DF: 2009. p.365

CALOY, L. H. M et al. Teste De Tetrazólio Para Sementes De Guanxuma. Revista Trópica: Ciências Agrárias e Biológicas, v. 7, n. 1, 2013.

COPELAND, L.O.; McDONALD, M.B. Principles of seed science and technology. 3.ed. New York : Chapman & Hall, 1995. 409p.

FRANDOLOSO, V.; TILLMANN, M. A.; BAUDET, L. Determinação do grau de umidade de sementes de cebola, cenoura e tomate em forno de microondas. Revista Brasileira de Sementes, v. 20, n. 2, p. 48-57, 1998.

GRABE, D.F. Manual do teste de tetrazólio em sementes. Brasília, DF: AGIPLAN, 1976. 85p.

ISTA ─ INTERNATIONAL SEED TESTING ASSOCIATION. The germination test. In: International rules for seed testing. Bassersdorf, 2006. 5, p. 5.1-5.46.

KISSMANN, K. G.; GROTH, D. Convolvulaceae Juss. In: KISSMANN, K. G.; GROTH, D. Plantas infestantes e nocivas. 2.ed. São Paulo: BASF Brasileira, 1999. p. 673-693.

KRZYZANOWSKI, F.; VIEIRA, R. D.; FRANCA NETO, J.B. (Eds.). Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina:ABRATES, 1999.

OGUNWENMO, K.; UGBOROGHO, R. E. Effects of chemical and mechanical scarification on seed germination of five species of Ipomoea (Convolvulaceae). Boletim da Sociedade Broteriana, v. 69, p. 147-162, 1999.

SANTANA, B. A. Preparo de sementes de algodoeiro para o teste de tetrazólio. Piracicaba, 2013. 64 p. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia), Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, 2013.

SMITH, M.T; BERJAK, P. Deteriorative changes associated with the loss of viability of stored desiccation-tolerant and desiccation-sensitive seeds. In: KIGEL, J.; GALILI, G. (Ed.) Seed development and germination. New York: Marcel Dekker, 1995. cap.26, p.701-746.

TRAN, V. N. Effects of microwave energy on the strophiole, seed coat and germination of Acacia seeds. Functional Plant Biology, v. 6, n. 3, p. 277-287, 1979.

Published

2018-03-18

How to Cite

Araujo, R. B., dos Reis, F. C., & Novembre, A. D. da L. C. (2018). Preparo de sementes de corda-de-viola para o teste de tetrazólio utilizando micro-ondas. Multi-Science Journal (ISSN 2359-6902), 1(4), 07-11. https://doi.org/10.33837/msj.v1i4.108

Issue

Section

Technical Communications

Most read articles by the same author(s)