Violência e Cotidiano Escolar: percepções a partir da realidade de uma escola pública de Matinhos - PR

Authors

  • Maria Virgínia Gapski Giordani UNESPAR
  • Adriana Lucinda de Oliveira UFPR
  • Luiz Everson da Silva Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.33837/msj.v1i12.379

Keywords:

Educação, violência, ambiente escolar

Abstract

O presente artigo aborda alguns dos conceitos de violência e como eles se apresentam no cotidiano escolar, fazendo um paralelo entre essas definições e as vivências como estudante de iniciação a docência do curso de Artes em uma escola do município de Matinhos-PR. Para tanto, fizemos uma aproximação teórica com a categoria Violência, bem como uma análise das percepções, a partir do vivido. Percebemos que a promoção da cidadania e sua vivência plena, são formas de garantir a inclusão e o respeito ao o direito de todos os sujeitos no meio escolar

Author Biographies

Maria Virgínia Gapski Giordani, UNESPAR

Acadêmica de Curso de Pós graduação Lato sensu  em Narrativas Visuais- Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Graduada em Artes pela UFPR

Adriana Lucinda de Oliveira, UFPR

Graduada em Serviço Social pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, professora da Universidade Federal do Paraná – Setor Litoral. Possui Mestrado em Desenvolvimento Regional pela Fundação Universidade Regional de Blumenau – FURB, mestrado em Serviço Social  pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC E Doutorado em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Paraná

Luiz Everson da Silva, Universidade Federal do Paraná

Graduado em Química pela Fundação Universidade Regional de Blumenau – FURB, professor da Universidade Federal do Paraná – Setor Litoral. Possui Mestrado em Química pela Fundação Universidade Regional de Blumenau – FURB, Doutorado em Química pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC

References

ASSIS, S. G. de; MARRIEL. N. de S. M. (org.) (2010).Impactos da violência na escola: um diálogo com professores. / organizado por Simone Gonçalves de Assis, Patrícia Constantino e Joviana Quintes Avanci. – Rio de Janeiro: Ministério da Educação / Editora FIOCRUZ.

AQUINO, J. G.(1998). A violência escolar e a crise da autoridade docente. Cadernos Cedes, ano XIX, no 47.

BOURDIEU, P. (1999). A Dominação Masculina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

BOURDIEU, P.; PASSERON, J. C. (1982). A reprodução: elementos para uma teoria do sistema de ensino. 2. ed. Rio de Janeiro: Saraiva.

CANDAU, V. M. (2000). Direitos humanos, violência e cotidiano escolar. In: CANDAU, V. M. (Org.) Reinventar a escola. Petrópolis: Vozes. 2005

CHARLOT, B. (2005). Cotidiano das escolas: entre violências / Coordenado por Miriam Abramovay – Brasília: UNESCO, Observatório de violência, Ministério da Educação, 2005.

HARAWAY, D. (2017). Saberes localizados: a questão da ciência para o feminismo e o privilégio da perspectiva parcial. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 5, p. 7-41, jan. 2009. ISSN 1809-4449. Disponível em: <http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/1773>. Acesso em: 28/02/ 2017.

LYRA, G. F. D; CONSTANTINO, P; FERREIRA, A. L. (2010). Quando a Violência Familiar Chega até a Escola. In: Impactos da violência na escola: um diálogo com professores. Organizado por Simone Gonçalves de Assis, Patrícia Constantino e JovianaQuintesAvanci. – Rio de Janeiro: Ministério da Educação. Editora FIOCRUZ.

MACHADO, A. E. F; WANZINACK, C. (2015). O Bullying e sua repercussão no ambiente escolar no litoral do Paraná: evidências científicas e aspectos regionais. Violência, Gênero e diversidade: desafios para a educação e o desenvolvimento. / Clóvis Wanzinack; Marcos Signorelli; (Orgs.)- Rio de Janeiro: Editora Autografia, 2015.

MINAYO, M. C. S. (2009). Conceitos, teorias e tipologias de violência: a violência faz mal à saúde. In: NJAINE, K.; ASSIS, S. G. & CONSTANTINO, P. (Orgs.). Impactos da Violência na Saúde. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2009.

RESENDE, L. M. G. de. (2010). A violência nos espaços educativos: a escola em foco. Palestra proferida no fórum de escolas públicas do Distrito Federal representando o Setor de Educação da UNESCO Brasil.

RISTUM, M.(2010). Violência na Escola, da Escola e contra a Escola. In: Impactos da violência na escola: um diálogo com professores. Organizado por Simone Gonçalves de Assis, Patrícia Constantino e JovianaQuintesAvanci. – Rio de Janeiro: Ministério da Educação. Editora Fiocruz.

VIOLÊNCIA:<http://www.significados.com.br/violencia/>Acesso em: 11/12/15.

VIOLÊNCIA in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, <http://www.priberam.pt/dlpo/viol%C3%AAncia.> Acesso em: 11/12/2015.

ZALUAR, A.(1994) Condomínio do diabo. Rio de Janeiro: Revan: Ed. UFRJ, 1994.

Published

2018-05-01

How to Cite

Giordani, M. V. G., de Oliveira, A. L., & da Silva, L. E. (2018). Violência e Cotidiano Escolar: percepções a partir da realidade de uma escola pública de Matinhos - PR. Multi-Science Journal (ISSN 2359-6902), 1(12), 31-35. https://doi.org/10.33837/msj.v1i12.379

Issue

Section

Other Areas of Knowledge