QUATRO PROTOCOLOS DE TRATAMENTO DA SARNA SARCÓPTICA EM COELHOS

Marcio Eduardo Pereira Martins

Abstract


Esse estudo objetivou avaliar o efeito de quatro princípios ativos no tratamento da sarna sarcóptica causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei var. cuniculi em coelhos. Distribuíram-se, aleatoriamente, 20 coelhos adultos, machos e fêmeas, com sinais clínicos de sarna e diagnóstico laboratorial positivo, em quatro grupos de cinco. No grupo I fez-se uso tópico de monossulfureto de tetraetiltiuram 5%, diluído em 1:1, durante uma semana; nos grupos II e III aplicou-se, respectivamente, ivermectina e doramectina 1%, via subcutânea, em dose única de 1000µg/kg; no grupo IV fez-se uso tópico, de 4g/animal/dia de enxofre 98% (pó) diluído em óleo vegetal, durante uma semana. Após 30 dias, realizaram-se exames laboratoriais, não constatando o agente etiológico. Esse resultado, associado ao desaparecimento dos sinais clínicos, permite afirmar que houve 100% de recuperação nos quatro grupos. Não foram observados abortos ou redução da libido nos machos. Apesar de eficientes, os tratamentos dos grupos I e IV, provocaram inquietude, irritabilidade cutânea e foram de difícil operacionalização. Verificou-se, nos grupos II e III, o manejo rápido, de fácil execução, além disso, os animais não demonstraram sinais de intranquilidade ou estresse. Os princípios ativos ivermectina e doramectina 1% apresentaram eficácia superior no tratamento da sarna sarcóptica em coelhos.




DOI: http://dx.doi.org/10.33837/msj.v1i9.394

Refbacks

  • There are currently no refbacks.




Copyright (c) 2017 Marcio Eduardo Pereira Martins

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexed in:

          

A publication of the "Diretoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação", IFGoiano - Campus Urutaí

 

  

 Licença Creative Commons

License: Creative Commons - Attribution 4.0 International.