Zeólita Clinoptilolita: Estudo da sua interação com íon cálcio usando dinâmica molecular de Car-Parrinello

Authors

  • Christina Vargas Miranda Carvalho Instituto Federal Goiano - Campus Urutai
  • Ademir João Camargo Universidade Estadual de Goiás - Anápolis
  • José Daniel Ribeiro Campos Universidade Estadual de Goiás, Anápolis
  • José Antonio Rodrigues de Souza Instituto Federal Goiano - Câmpus Urutaí
  • Débora Astoni Moreira Instituto Federal Goiano - Câmpus Urutaí

DOI:

https://doi.org/10.33837/msj.v1i1.60

Abstract

Zeólitas são aluminossilicatos com propriedades físico-químicas largamente exploradas na indústria. Em particular, sua capacidade de troca iônica tem sido usada na remoção de cátions cálcio e magnésio da água, evitando a dureza da água. A Dinâmica Molecular é uma ferramenta computacional para se obter informações sobre o comportamento das partículas que compõem um sistema. Nesse sentido, objetivou-se neste trabalho estudar a interação de íons cálcio  com Zeólita Clinoptilolita, usando a Dinâmica Molecular de Car-Parrinello. Foram simuladas duas trajetórias: a primeira formada por um fragmento linear de clinoptilolita com um íon cálcio e uma segunda, formada por um fragmento cíclico de clinoptilolita com um íon cálcio, que foram dispostas em caixas cúbicas de 15Å e 16Å, respectivamente. A primeira trajetória foi simulada por 43,08 ps e a segunda por 41,86 ps, ambas usando conjunto de funções de base de ondas planas com energia cinética de corte de 25Ry, pseudopotenciais ultrassoft de Vanderbilt, massa fictícia de 400 a.u. e funcional de troca e correlação PBE. As trajetórias foram salvas a cada 5 passos de 5 atu. Percebe-se que o íon cálcio interage fortemente com 4 oxigênios da zeólita linear e 6 oxigênios da zeólita cíclica. Observa-se que há uma tendência da ciclização da estrutura zeolítica linear, devido à forte interação entre oxigênio e íon cálcio. Na zeólita cíclica, essa interação faz com que o íon cálcio fique retido na cavidade da estrutura. Assim, conclui-se que íons cálcio tem grande afinidade pela zeólita clinoptilolita.

References

Bailey SE, Olin TJ, Bricka RM, Adrian DD. A review of potentially low-cost sorbents for heavy metals. Water Research, 33(11): 2469-79, 1999.

Ban S, Vlugi TJH. Zeolite microporosity studied by molecular simulation. Molecular Simulation, 35(12):1105-15, 2009.

Braga AAC, Morgon NH. Descrições estruturais cristalinas de zeólitos. Química Nova, 30(1):178-88, 2007.

Car R, Parrinello M. Unified approach for molecular dynamics and density functional theory. Physical Review Letters, 55(22): 2471-74, 1985.

Channon YM, Catlow CRA, Jackson RA, Owens SL. A computational investigation into the effect of extra framework cations on the structural composition of heulandite-type zeolites. Microporous and Mesoporous Materials, 24:153-61, 1998.

Dyer A. An introduction to zeolite molecular sieves. Chichester: John Wiley, 1988.164 p.

Gianetto GP, Montes A, Rodríguez G. Zeolitas: Características, Propiedades y Aplicaciones Industriales. 2 ed. Venezuela: Ediciones Innovación Tecnológica, 2000.

Gueudré L, Jolimaite E, Bats N, Dong W. Diffusion in zeolites: is surface resistance a critical parameter? Adorption, 16:17-27, 2010.

Inglezakis KJ, Loizidou MD, Grigoropoulou HPJ. Colloid Interface Science, 275(2): 570-76, 2004.

Lam A, Rivera A. Theoretical study of the interaction of surfactants and drugs with natural zeolite. Microporous and Mesoporous Materials, 91:181-6, 2006.

Marx D, Hutter J. Ab Initio Molecular Dynamics – Basic Theory and Advanced Methods. Cambridge: Cambridge University Press, 2009.

Steiner T. The Hydrogen Bond in the Solid State. Angewandte Chemie International Edition, 41 (1) 48-76, 2002.

Zamzow MJ, Eichbaum BR, Sandgren KR, Shanks DE. Separation Science and Technology, 25: 1555-69, 1990.

Published

2018-03-18

How to Cite

Carvalho, C. V. M., Camargo, A. J., Campos, J. D. R., Souza, J. A. R. de, & Moreira, D. A. (2018). Zeólita Clinoptilolita: Estudo da sua interação com íon cálcio usando dinâmica molecular de Car-Parrinello. Multi-Science Journal (ISSN 2359-6902), 1(1), 115-119. https://doi.org/10.33837/msj.v1i1.60

Issue

Section

Agricultural Sciences

Most read articles by the same author(s)