Abordagem cienciométrica do perfil e produção acadêmica de participantes de subprojetos de Ciências Biológicas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID

Authors

  • Wilcker Pereira Silva D'orazio Instituto Federal Goiano - Campus Urutaí (GO, Brasil)
  • Dieferson da Costa Estrela
  • Solange Aline de Carvalho

DOI:

https://doi.org/10.33837/msj.v1i7.606

Abstract

Com base na carência de estudos voltados para avaliação de contribuições curriculares que o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) pode proporcionar aos estudantes, o presente estudo objetivou conhecer o perfil curricular geral e algumas contribuições acadêmico-curriculares que o programa tem fornecido a estudantes e ex-estudantes da área de Ciências Biológicas. Para isto foi conduzida uma análise cienciométrica a partir do currículo Lattes de estudantes do PIBID e um grupo que não participou de nenhum programa de incentivo à permanência no ensino superior, denominado Controle, a fim de comparações entre as possibilidades ofertadas pelo PIBID e as ofertadas pelo curso de graduação unicamente. Os resultados demonstram uma “feminização” do curso de Ciências Biológicas com 72% dos participantes, e um maior percentual de pós-graduados no grupo PIBID do que no grupo Controle, indicando que os estudantes que vivenciam as atividades do programa podem possuir maior interesse e condições de ingressar na especialização, mestrado e doutorado.  Em relação a participação em cursos de formação complementar e o número de itens na atuação profissional geral também foi observada maior participação entre os membros do grupo do PIBID que o grupo Controle. Ao se tratar da participação em projetos de extensão e outros projetos (que não sejam de pesquisa ou extensão exclusivamente), bem como a produção científica da forma de artigos publicados em periódicos científicos e resumos (simples e expandidos) publicados em anais de eventos, foi observado o mesmo padrão dos critérios anteriores, sendo que os participantes do grupo PIBID possuíam maiores índices estatisticamente. Dessa forma, é possível concluir que o incentivo e as possibilidades de aprendizados proporcionados pelo PIBID podem ser um agente que contribui efetivamente para a formação dos estudantes, ocasionando em formação e produções científicas mais robustas que o ofertado pelo curso de graduação exclusivamente.

Published

2018-03-18

How to Cite

D’orazio, W. P. S., Estrela, D. da C., & Carvalho, S. A. de. (2018). Abordagem cienciométrica do perfil e produção acadêmica de participantes de subprojetos de Ciências Biológicas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID. Multi-Science Journal (ISSN 2359-6902), 1(7), 111-118. https://doi.org/10.33837/msj.v1i7.606

Issue

Section

Other Areas of Knowledge

Most read articles by the same author(s)

1 > >>