História Política de Goiás, o governo de Pedro Ludovico Teixeira e a Dominação Tradicional

Fernando Rocha Rodrigues

Abstract


 

RESUMO: A presente comunicação tem por objetivo verticalizar estudos que possam dialogar com o conceito de “coronel”figura política que atuou no Brasil desde a formação da guarda nacional, e co-relacionar esse conceito na modernidade através de práticas políticas que definem um coronel, não necessariamente o proprietário de terras (coronel fazendeiro), mas todas as práticas que colocam os chefes políticos em contato com os mecanismos de detenção do poder. Nesse caso, pretende-se observar esse fenômeno na figura de Pedro Ludovico Teixeira, que soube usar a modernidade como prática de dominação carismática mas, não deixando de lado a dominação tradicional que utiliza a força física e psicológica na dominação, bem como a força legal (na perspectiva de Weber).


References


CAMPOS, Francisco Itami,” Coronelismo em Goiás”.Goiânia. 1 reimpressão, ed.UFG, 1987. 141 pag.

CARONE, Edgard. “A República Velha” I. 4 ed.. São Paulo: Difel, 1978. 198 pag.

CARVALHO, José Murilo de.” Pontos e Bordados”. Escritos de historia e política. Belo Horizonte: Editora UFMG. 1998. 460 pag.

CHAUL, Nars Fayad. “Caminhos de Goiás da Construção da Decadência aos Limites daModernidade. Goiânia: UFG, 2. ed, 2001. 253 pag.

ESTEVAM, Luis. “O Tempo da Transformação: estrutura e dinâmica da formação econômica de Goiás. Ia, Ed. do Autor, 1998. 368 pag.

FAORO, Raymundo. “Os Donos do Poder” – formação do patronato política brasileiro. 9 ed.São Paulo: Globo, 1991. 913 pag.

FAUSTO, Boris. “A Revolução de 1930”. Brasil em Perspectiva. 19 ed. Rio de Janeiro:BERTRAND BRASIL S.A, 1930. 160 pag.

LEAL, Victor Nunes. “Coronelismo, Enxada e Voto- o município e o regime representativo no Brasil. 5. Ed. São Paulo: Alfa-Omega, 1976. 444 pag.

MACHADO, Maria Cristina Teixeira. “Pedro Ludovico: um tempo um carisma uma história”. Goiânia, UFG. 1930. 245 pag.

PALACIN, Luis; CHAUL, Nars Fayad; COSTA, Juarez. “História Política de Catalão”.Goiás: UFG, 1994. 289 pag.

PANG, Eul-Soo. “Coronelismo e Oligarquias” – 1989-1945. Rio de Janeiro: Civilização brasileira S.A., 1979. 269 pag.

QUEIROZ, Maria Isaura Pereira de. “O mandonismo local na vida política brasileira ”. São Paulo, Alfa-Omega, 1976. 230 pag.

SILVA, Ana Lúcia da, “A Revolução de 30 Em Goiás” – Tese de Doutoramento apresentada ao departamento de Historia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. 1982. 138 pag.

SILVEIRA, Px. “Pedro Ludovico, A Saga da Construção de Goiânia no coração do Brasil”.Brasília. Ed. Senado Federal. 2001. 139 pag.

TEIXEIRA, Pedro Ludovico. “Memórias”. Goiânia, Cultura Goiana, 1973. 138 pag.

WEBER, Max, “Economia e Sociedade” – ed. México, Fondo de Cultura Econômica,1969. 596 pag.




DOI: http://dx.doi.org/10.33837/msj.v1i2.73

Refbacks

  • There are currently no refbacks.




Copyright (c) 2017 Fernando Rocha Rodrigues

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexed in:

          

A publication of the "Diretoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação", IFGoiano - Campus Urutaí

 

  

 Licença Creative Commons

License: Creative Commons - Attribution 4.0 International.