Determinação de doses letais de efluente de curtume em camundongos C57Bl/6J

Bianca Costa e Silva, Dalilla Cristina Socorro de Lemos, Bruna Francisca Sá, Joyce Moreira de Souza, Ivandilson Pessoa Pinto de Menezes, Wellington Alves Mizael da Silva, Abraão Tiago Batista Guimarães, Guilherme Malafaia

Resumo


A determinação de doses letais de substâncias é um importante parâmetro em estudos toxicológicos. Até então, não há na literatura conhecimento de estudos que tenham definido as doses letais de efluentes de curtume em modelos experimentais mamíferos. Assim, objetivou-se com este estudo determinar doses letais de efluentes de curtume em camundongos C57Bl/6J, considerando completa ausência de estudos dessa natureza em modelos experimentais mamíferos. Para isso, camundongos receberam, intraperitonealmente, por 5 dias consecutivos, injeções de concentrações de 100%, 75%, 50% e 25% de efluentes de curtume, diluídas em água (para as fêmeas); e 44%, 38%, 32% e 26% de efluentes de curtume (para os machos). Verificou-se que a concentração de 25% de efluentes de curtume administradas intraperitonealmente mostra-se inócuas a fêmeas de camundongos C57Bl/6J e que doses de até 44% de efluentes de curtume, não evidenciam sinais de toxicidade aguda em camundongos machos da mesma linhagem. Este estudo tem caráter incipiente e, portanto, sugere-se a realização de novas investigações, envolvendo diferentes vias de administração do resíduo, diferentes tipos de efluentes de curtume (brutos ou tratados) e variadas espécies de animais, considerando que xenobióticos podem ter diferentes mecanismos de ação em diferentes espécies e linhagens de roedores avaliadas.


Texto completo:

PDF

Referências


Batista MM, Alovisi AMT. Alterações de atributos químicos do solo e rendimento da cana soca pela utilização de lodo de curtume. Anuário da Produção de Iniciação Científica Discente, 13(17): 387-396, 2010.

Godecke MV, Rodrigues MAS, Naime RH. Resíduos de curtume: estudo das tendências de pesquisa. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, 7(7): 1357-1378, 2012.

Malone MH, Robichaud RC. A Hippocratic screening for pure or drug materials. Lloydia, 25: 23-53, 1962.

Moysés FS, Bertoldi K, Spindler C, Sanches EF, Elsner VR, Rodrigues MAS, Siqueira IR. Exposition to tanneru wastewater did not alter behavioral and biochemical parameters in Wistar rats. Physiology & Behavior, 129: 160-166, 2014.

Oral R, Meriç S, Tünay O, Nicola E, Petruzzelli D, Pagano G. Multi-species toxicity monitoring in a chromium-based leather tannery wastewater. IN: Proceeding of the 9th International Conference on Environmental Science and Technology. Rhodes island, Greece, -13 September 2005.

Siqueira IR, Vanzella C, Bianchetti P, Rodrigues MAS, Stülp S. Anxiety-like behaviour in mice exposed to tannery wastewater: the effect of photoelectrooxidation treatment. Neurotoxicology and Teratology, 33: 481-484, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.33837/msj.v1i2.83

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários




Direitos autorais 2017 Bianca Costa e Silva, Dalilla Cristina Socorro de Lemos, Bruna Francisca Sá, Joyce Moreira de Souza, Ivandilson Pessoa Pinto de Menezes, Wellington Alves Mizael da Silva, Abraão Tiago Batista Guimarães, Guilherme Malafaia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Indexada nas seguintes bases:

 

          

Uma publicação da Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação do IFGoiano - Câmpus Urutaí

 

  

 Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.