[1]
S. C. Teixeira, “A indiferença é um grau de liberdade”, MSJ, vol. 1, no. 1, pp. 22-29, Mar. 2018.