A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Página inicial > Pesquisa
Início do conteúdo da página

Pesquisa

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Sexta, 21 de Agosto de 2015, 10h55 | Última atualização em Sexta, 02 de Fevereiro de 2018, 17h48 | Acessos: 3568

O setor foi instituído no Campus Morrinhos no ano de 2012. Desde então, como forma de ampliar o acesso e a integração do estudante à cultura científica, esta Gerência tem visado à constante expansão da cota de bolsas de iniciação científica, pois é defensora do princípio de que a pesquisa é um mecanismo de desenvolvimento do pensar cientificamente e da criatividade.

Atualmente, tanto para o Ensino Médio como para o Ensino Superior, são ofertadas bolsas de iniciação científica cujos recursos são oriundos do Campus Morrinhos, do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq) e também da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PROPPI). Os editais para concorrer às bolsas são lançados geralmente no primeiro semestre de cada ano letivo, sendo que a duração da bolsa é de 12 (doze) meses.

Para se tornar um bolsista, o estudante deve procurar, em sua área de interesse, um orientador que esteja disposto a integrá-lo à sua pesquisa e a orientá-lo. Além do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) e do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio (PIBIC EM), o estudante pode se vincular ao Programa Institucional Voluntário de Iniciação Científica (PIVIC), cuja seleção se dá também por meio de edital. Neste caso, as atividades de pesquisa são desenvolvidas sem o recebimento de bolsa.

As ações da Gerência de Pesquisa do Campus Morrinhos não estão restritas ao processo de implementação das bolsas de iniciação científica. Em consonância com a PROPPI e com a Direção-Geral, tem incentivado a participação dos docentes em eventos científicos para a divulgação de resultados de pesquisa, bem como para a troca de experiência entre pesquisadores, o que ocorre por meio do Programa Institucional de Participação em Eventos Científicos e Tecnológicos (PIPECTI). Com o Programa de Apoio à Produtividade em Pesquisa (PAPPE), demonstra seu comprometimento com a expansão da produção acadêmico-científico-cultural da Instituição. E, por fim, faz-se menção ao Mestrado Profissional em Olericultura, que passou a ser ofertado pelo Campus no ano de 2014. Com a criação do Programa de Pós-Graduação em Olericultura, a Instituição assume a responsabilidade de aprimorar a formação do profissional não somente para o mercado de trabalho, mas também para o desenvolvimento de pesquisa.

Contatos:
Gerência de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação
Prof. Dr. Rodrigo Vieira da Silva
Fone: (64) 3413-7965
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo./ O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Formulário:

O formulário para solicitação de documentos como Certificados ou Declarações de Iniciação Cientifica pode ser entregue na Gerência de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação ou encaminhado para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

Acesse o formulário

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página