A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Página inicial > Últimas Notícias Rio Verde > Encontro “Conexões Criativas” dá início à formatação de festival de artes
Início do conteúdo da página

Encontro “Conexões Criativas” dá início à formatação de festival de artes

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Quarta, 03 de Julho de 2019, 13h33 | Última atualização em Quinta, 11 de Julho de 2019, 14h13 | Acessos: 376

Art’Cum Cerrado Festival está previsto para acontecer nos dias 24, 25 e 26 de outubro e suas atividades começaram a ser definidas durante encontro entre artistas locais, empresários do setor criativo, produtores artísticos, servidores do Campus Rio Verde e a comunidade em geral.

O encontro ocorreu na última segunda-feira, dia 01, na Casa de Cultura e foi capitaneado pela coordenadora do Núcleo de Ciência, Artes e Cultura (NAIF) do IF Goiano- Campus Rio Verde, professora Aline Gobbi, e pelo especialista em projetos culturais e economia criativa, Décio Coutinho.

 

Na ocasião, Décio apresentou exemplos de localidades que investem na cultura, citando, por exemplo, Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, que define a cultura como sendo “o petróleo do futuro”. Décio também falou sobre a cidade mineira de Santa Rita do Sapucaí, que realiza o maior festival de criatividade do Brasil, agregando cerca de 600 eventos que ocorrem de forma simultaneamente por toda a cidade.

Décio citou ainda o município de Silvânia, em Goiás, que realiza o Fórum Internacional de Cidades Criativas. O especialista explica o conceito de cidades criativas como sendo um lugar onde existe articulação entre educação, ciência, arte e economia criativa, valorizando a diversidade. “É necessário espaço para dar visibilidade às expressões artísticas”, diz ele, ressaltando a importância de se tornar visível as artes, arquitetura, gastronomia, música, fotografia, moda, teatro, etc. “Quanto mais diversidade, mais inovação”, completa.

Atividades na Casa de Cultura

Sobre as ações já desenvolvidas na Casa de Cultura, Aline Gobbi falou dos projetos que envolvem artes circenses, músicas, danças, saraus, rodas de conversa, meditação, dentre outros. Escrita criativa, oficinas de artesanato, de teatro e de reaproveitamento de material estão dentre as ações que serão desenvolvidas em breve. “Aqui na Casa queremos desenvolver atividades envolvendo a arte, a arte-educação e a economia criativa e integrar tudo isso no nosso primeiro festival”, disse.

Segundo ela, a ideia é utilizar todos os espaços do campus, além de desenvolver ações fora da instituição. “Podemos realizar mostras em livrarias, feiras livres, bares, praças e restaurantes”, afirmou acrescentando que a programação do festival pretende envolver cursos, palestras, oficinas, festival de música (Fecarv), teatro, dança e até mesmo um show com bilheteria. No entanto, professora Aline pediu a todos os presentes que participassem da construção da programação.

 

Artistas, empresários e servidores do campus sugeriram várias ações e se colocaram à disposição para realizá-las.

Um exemplo foi a coach empresarial, Nádia Cruz, que propôs a realização de oficinas gratuitas dentro de sua área. Também surgiram propostas de cursos com temas variados, como, estilos arquitetônicos e cidades criativas. Oficinas de construção de maquetes e de artesanato, além de corte e costura e de produção de alimentos a partir da reutilização de materiais que seriam descartados (exemplo da casca de banana) também foram sugeridas.

Outras propostas foram relacionadas a apresentações de poesias, músicas e filmes. Os empresários do ramo de bares e restaurantes também se dispuseram a abrir as portas de seus estabelecimentos para as atividades ligadas ao festival. A próxima reunião do grupo será no dia 10 de julho.

O "Conexões Criativas" começou com apresentações do palhaço Neto Balinha e do poeta John Barros e terminou com um show de mímica, com o artista Cácio Mimo, seguido de um momento de interação acompanhado de saborosos petiscos, coroando o encontro com significativas conexões. O lanche foi patrocinado pelos parceiros da Casa de Cultura: Restaurante Aconchego e Sabor e Magus Vegetal.

Quem quiser conferir esta e outras ações da Casa de Cultura NAIF é só visitar @naif.ifgoiano (no Instagram).

Clique AQUI e conheça um pouco da Casa de Cultura.

 

Setor de Comunicação Social e Eventos

 

Fim do conteúdo da página