A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Página inicial > Últimas Notícias Rio Verde > Polo de Inovação ganha recursos do Ministério da Agricultura
Início do conteúdo da página
Pesquisa

Polo de Inovação ganha recursos do Ministério da Agricultura

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Quarta, 02 de Dezembro de 2015, 12h01 | Última atualização em Quinta, 03 de Dezembro de 2015, 12h37 | Acessos: 540

Verba será destinada à melhoria da infraestrutura do projeto e deve ser executada até 2017.

Equipe do IF Goiano com ministra Kátia Abreu e deputado Heuler Cruvinel, durante apresentação dos resultados da Rede Arco Norte
Equipe do IF Goiano com ministra Kátia Abreu e deputado Heuler Cruvinel, durante apresentação dos resultados da Rede Arco Norte

O Ministério da Agricultura (Mapa) repassou ao Instituto Federal Goiano (IF Goiano) o montante de 750 mil reais, que serão destinados à Rede Arco Norte/Polo de Inovação em Bioenergia e Grãos.  O projeto visa ao desenvolvimento de pesquisa e inovação em parceria com o setor produtivo de bioenergia e grãos. 

A verba será destinada à melhoria da infraestrurura do projeto, que terá até 2017 para executar o cronograma de aquisições. Serão 11 tipos de equipamentos de laboratório - como digestores, termocicladores, softwares, incubadoras - que trarão maior agilidade e qualidade às análises realizadas pelo Instituto. 

Somado ao valor já disponibilizado pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec/MEC), correspondente a 3,95 milhões, os recursos destinados ao Polo chegam a 4,7 milhões. Com o valor já repassado, foram adquiridos caminhão, camionetes, tratores, implementos agrícolas, além da reforma de laboratórios e espaços físicos. 

Também houve a compra de equipamentos básicos e de ponta, como o veículo aéreo não tripulado (VANT), PCR em tempo real, digestor de micro-ondas e absorção atômica. Para complementar a estrutura básica, foram adquiridos incubadoras de laboratório, mesas agitadoras, liofilizadores, espectrofotômetros, que possuem utilidades diversas nas diferentes áreas de conhecimento. 

Os equipamentos têm grande potencial de utilização para o setor sucroalcooleiro e grãos no que tange estimativa de incidência de doenças e pragas, controle biológico, deficiência nutricionais, infestação de plantas daninhas, falhas de plantio e estimativas de produtividade das lavouras, monitoramento de resistência, melhoramento de plantas, composição química do solo, identificação de genes relacionados ao estresses bióticos e abióticos. 

Toda essa estrutura está à disposição dos estudantes, visto que um dos principais objetivos da Rede Arco Norte é formar recursos humanos (técnicos em Agropecuária, Biotecnologia e Química, Agrônomos, mestres e doutores na área de Agronomia, entre outros profissionais). As pesquisas aplicadas realizadas no Polo, situado em Rio Verde, serão sempre demandadas pelo setor produtivo, ou seja, produtores rurais e multinacionais instalados no município. Os resultados serão disponibilizados para órgãos de extensão e divulgados por meio de publicações, cursos de capacitação, workshops e palestras. 

Novos recursos - A Rede Arco Norte é um projeto de autoria da senadora Kátia Abreu, que conduz o Ministério da Agricultura. Além do montante do Mapa, está previsto outro recurso extraorçamentário para a Rede Arco Norte. O deputado federal Heuler Cruvinel incluiu uma emenda parlamentar para 2016 no valor de 1,5 milhões, que será utilizada para o início da sede própria do projeto. 

O Polo de Inovação está sendo construído em área com cerca de seis hectares no município de Rio Verde. Está localizado às margens da Rodovia 174 km 15, s/n, saída para Montividiu. É vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Proppi) do IF Goiano.

 

Acesse site do projeto

 

Coordenação Geral de Comunicação Social e Eventos

Fim do conteúdo da página