A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Página inicial > Últimas Notícias - Urutai > Projeto “Feira em Casa: uma proposta de Segurança Alimentar e Nutricional”
Início do conteúdo da página

Projeto “Feira em Casa: uma proposta de Segurança Alimentar e Nutricional”

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Segunda, 21 de Junho de 2021, 13h13 | Última atualização em Segunda, 21 de Junho de 2021, 13h37 | Acessos: 173

O projeto vai atender 7 micro e pequenos empreendedores da região...

O projeto “Feira em Casa: uma proposta de Segurança Alimentar e Nutricional”, realizado no Instituto Federal Goiano – Campus Urutaí, iniciou suas atividades neste mês de Junho. O projeto extensionista, financiado pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (SETEC), faz parte do Programa IF Mais Empreendedor Nacional, voltado à execução de projetos de extensão tecnológica para o atendimento, apoio e orientação a Micro e Pequenos Empreendedores e Empreendedores Individuais, produtores de hortícolas na região da estrada de ferro com ações populares e/ou na agricultura familiar, afetados negativamente pela Pandemia da Covid-19.
Este projeto tem ações embasadas no Guia Alimentar para População Brasileira e nas diretrizes da Política Nacional de Alimentação e Nutrição.
A equipe do projeto "Feira em Casa" é coordenado pela professora Ana Paula Silva Siqueira, e conta com a participação de três docentes voluntários, Júnio César de Lima, Alexandre Igor Azevedo Pereira e Fernando Marcello Nunes Pereira; dez alunos de graduação dos cursos de Bacharelado em Nutrição, em Agronomia, em Sistemas de Informação e uma aluna de Ensino Médio e Técnico em Informática. Foram selecionadas sete empresas para receber orientação pelo projeto, sendo elas quatro de Pires do Rio, duas de Ipameri e uma de Palmelo.
Neste primeiro momento, está sendo desenvolvida a observação da realidade das empresas contempladas pelo projeto para, em seguida, propormos ações efetivas para cada empreendimento, levando em consideração suas particularidades. Para auxiliar na análise do ambiente interno e externo das empresas está sendo aplicada a matriz SWOT (Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats), também chamada em português de matriz FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças), que auxilia na análise de cenários para tomada de decisões, em busca de oportunidades de melhoria e otimização do desempenho das empresas. Em seguida, com base nas informações da matriz SWOT serão identificados os pontos chaves que irão guiar a equipe do projeto no apoio e orientação para cada empresa.
A equipe acredita na extensão como uma ferramenta poderosa de comunicação com a comunidade e como parte indispensável para a fundamentação de ensino e pesquisa nos mais diversos cursos de atuação no Campus, além de contribuir com a promoção de políticas públicas no âmbito da alimentação. 

 

Foto: Propriedade atendida pelo projeto.

Fim do conteúdo da página