A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Página inicial > Cursos Superiores > Engenharia Agrícola
Início do conteúdo da página

Engenharia Agrícola

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Segunda, 08 de Junho de 2015, 18h36 | Última atualização em Sexta, 10 de Fevereiro de 2017, 07h51 | Acessos: 8612

O curso de Bacharelado em Engenharia Agrícola do IF Goiano – Câmpus Urutaí contempla a Resolução nº 02, de 2 de fevereiro de 2006 que institui suas Diretrizes Curriculares Nacionais. Assim, o referido curso enseja como perfil: sólida formação científica e profissional geral que possibilite absorver e desenvolver tecnologia, capacidade crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade, compreensão e tradução das necessidades de indivíduos, grupos sociais e comunidade, com relação aos problemas tecnológicos, socioeconômicos, gerenciais e organizativos, bem como utilização racional dos recursos disponíveis, além da conservação do equilíbrio do ambiente e capacidade de adaptação, de modo flexível, crítico e criativo, às novas situações.


O processo formativo pretendido pelo curso de Bacharelado em Engenharia Agrícola do IF Goiano – Câmpus Urutaí será desenvolvido em dez períodos, almejando desenvolver nos estudantes as seguintes competências:

- elaborar, orientar, executar e avaliar projetos agrícolas em jardinagem, culturas anuais e culturas perenes, pós-colheita, armazenamento e comercialização de produtos agrícolas, irrigação e drenagem, conservação do solo e da água, operação e manutenção de máquinas agrícolas, levantamento topográficos e georreferenciamentos;

- desenvolver atividades de assistência técnica e extensão rural na área de produção de culturas agrícolas e zootécnicas de interesse econômico, prestando assessoria nas áreas de construções agrícolas, secagem e armazenamento de grãos, manejo e conservação do solo e da água;

- promover e estimular o desenvolvimento de ações que visam à preservação ambiental, por meio do monitoramento das explorações agrícolas com enfoque na sustentabilidade e saúde do solo, realizar e monitorar pesquisas tecnológicas com as culturas agrícolas e animais domésticos, prestando assistência técnica e assessoria no estudo e desenvolvimento de projetos e pesquisas tecnológicas;

- assistir à compra, venda e utilização de produtos e equipamentos para a produção agropecuária, inclusive elaborando orçamento de materiais e equipamentos, instalações e mão-de-obra;

- coletar, tratar e manipular dados de natureza técnico-científica;

- aplicar e padronizar normas técnicas concernentes aos processos de trabalho com culturas e pecuária, visando à qualidade do produto e a satisfação do cliente;

- projetar, coordenar, analisar, fiscalizar, assessorar, supervisionar e especificar técnica e economicamente projetos agroindustriais e do agronegócio, aplicando padrões, medidas e controle de qualidade;

- realizar vistorias, perícias, avaliações, arbitramentos, laudos e pareceres técnicos, com condutas, atitudes e responsabilidade técnica e social, respeitando a fauna e a flora e promovendo a conservação e/ou recuperação da qualidade do solo, do ar e da água, com uso de tecnologias integradas e sustentáveis do ambiente;

- atuar na organização e gerenciamento empresarial e comunitário interagindo e influenciando nos processos decisórios de agentes e instituições, na gestão de políticas setoriais;

- produzir, conservar e comercializar alimentos, fibras e outros produtos agropecuários;

- participar e atuar em todos os segmentos das cadeias produtivas do agronegócio;

- exercer, respeitando a legislação em vigor, atividades de ensino, pesquisa e extensão no ensino técnico-profissional, ensino superior, pesquisa, análise, experimentação, ensaios e divulgação técnica e extensão;

- enfrentar os desafios das rápidas transformações da sociedade, do mundo, do trabalho, adaptando-se às situações novas e emergentes;

- atuar enfaticamente no desenvolvimento de comunidades rurais, promovendo a agricultura ecológica e desenvolvendo tecnologias adaptadas ao pequeno produtor.

 

A formação do Engenheiro Agrícola

O Engenheiro Agrícola é o profissional qualificado para levar ao campo soluções inovadoras que contribuem com o avanço tecnológico dos sistemas de produção agrícola e agroindustriais, incluindo produção, processamento e distribuição de produtos agrícolas em todas as fases da cadeia produtiva do agronegócio, em harmonia com o meio ambiente e com o desenvolvimento sustentado.

Esse profissional é habilitado para: planejar métodos de armazenagem e de conservação de produtos agrícolas, elaborando projetos de unidades armazenadoras e sistemas de refrigeração; projetar e construir obrase estruturas relacionadas a sistemas de produção animal e vegetal, dentro dos princípios de ambiência e de preservação ambiental; otimizar o uso dos recursos naturais e sua conservação, projetando açudes, barragens, obras hidráulicas e sistemas de irrigação, drenagem e saneamento; elaborar, modificar e projetar máquinas e equipamentos agrícolas, sendo especializado no uso de energia e de recursos naturais; contribuir dentro do conceito de sustentabilidade, para a destinação adequada de resíduos gerados nas atividades agropecuárias e agroindustriais, visando o controle de poluição e da contaminação ambiental; atuar na administração e gerenciamento de empreendimentos agrícolas, baseado em conceitos de agricultura de precisão e visando a otimização do uso dos insumos agrícolas e a racionalização do uso de energia; trabalhar em pesquisa nos setores agropecuário e agroindustrial, gerando e desenvolvendo sistemas de produção e componentes tecnológicos; atuar na gestão de recursos naturais, na perspectiva da sustentabilidade.

Turno: integral

Número de vagas: 40

Carga Horária: 3.975h

Última avaliação do INEP/ MEC: Nota 4 (Portaria da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior/ MEC n. 820, de 28 de outubro de 2015)

Link para o Processo Seletivo: https://sistemas.ifgoiano.edu.br/selecao_ifgoiano/index.php?id_selecao=MQ==

Local: Prédio das Ciências Agrárias, Campus Urutaí  IF Goiano.

Coordenador do curso: Prof. Dr. Leandro Caixeta Salomão

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Documento: Projeto Pedagógico do Curso

Ato autorizado: Resolução do Conselho Superior do Instituto Federal Goiano N. 012, de 28 de maio de 2010.

Dirigentes relacionados ao curso: https://www.ifgoiano.edu.br/home/index.php/estrutura-organizacional-urutai

Fim do conteúdo da página