A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
Mulher

Simpósio reúne instituições de Goiás para discutir participação da mulher na política

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Segunda, 02 de Setembro de 2019, 16h03 | Última atualização em Quinta, 05 de Setembro de 2019, 10h38 | Acessos: 264

Em Goiás, o simpósio acontecerá no Centro de Cultura e Eventos Prof. Ricardo Freua Bufáiçal na Universidade Federal de Goiás, das 8 às 13 horas do dia 26 de setembro.

O Instituto Federal Goiano (IF Goiano) promove, juntamente com o Senado Federal, UFG, PUC, Universo, IFG, FGM, TCM, OAB, ABMCJ, TJ, MP, Defensoria Pública, CONEM, UBM, Alego, Câmara e Interlegis  o 2º Simpósio “A importância da mulher na construção de um parlamento democrático”, que promete reunir mais de quatro mil pessoas na capital. 

O evento busca discutir formas de garantir uma maior participação das mulheres no Legislativo, o empoderamento feminino e a igualdade de gênero. Essa edição acontecerá simultaneamente em várias capitais do Brasil, como Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Em Goiás, o simpósio acontecerá no Centro de Cultura e Eventos Prof. Ricardo Freua Bufáiçal na Universidade Federal de Goiás, das 8 às 13 horas do dia 26 de setembro.

A mesa de palestrantes será composta por nomes importantes dos mais variados setores da sociedade. AAs palestrantes confirmadas são a procuradora-geral da República Raquel Dodge, a ministra do Superior Tribunal do Trabalho Delaíde Miranda, a deputada federal Flávia Morais, a deputada estadual Adriana Accorsi, a vereadora de Goiânia Léia Klébia e a advogada e presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB-GO, Ariana Garcia.

Após a 2º edição do evento, o senador Luiz do Carmo, idealizador do seminário, afirma que todas as instituições da comissão organizadora irão propor a realização de uma audiência pública simultânea em 100% dos municípios de Goiás para debater a participação feminina na política. “Esse é um processo longo, que não pode ser interrompido na discussão de somente um Projeto e em somente um evento. O caminho é longo e a temos que trilhá-lo passo a passo. Quando a população entender a profundidade do problema, e entender todos os benefícios que resolvê-lo trará para nossa democracia, parlamento nenhum irá ter coragem de contradizê-los”.

Primeira edição - A primeira edição do evento aconteceu no dia 27 de junho, no maior auditório do Congresso Nacional em Brasília. Com a presença de grandes nomes do cenário nacional, como a ministra Cármen Lúcia, senadoras, deputadas, representantes da OAB Nacional, da Organização das Nações Unidas e membros do meio empresarial e sociedade civil.

“A mulher é discriminada porque no Brasil a desigualdade existe, no que a Constituição é desrespeitada diariamente. Todos temos que nos envolver nesta luta, como uma obrigação cívica, para que a lei seja cumprida e os direitos sejam iguais entre homens e mulheres” disse a ministra Cármen Lúcia em sua palestra de abertura, que lotou o auditório Petrônio Portella.

 

Clique e inscreva-se no evento

 

Coordenação Geral de Comunicação Social e Eventos 

registrado em:
Fim do conteúdo da página