A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
INTEGRAÇÃO

Reitoria discute curricularização da extensão com unidades do IF Goiano

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Quinta, 30 de Janeiro de 2020, 14h00 | Última atualização em Segunda, 03 de Fevereiro de 2020, 12h29 | Acessos: 425

Reuniões compõem Semanas Pedagógicas dos campi. Encontros seguem na próxima semana.

Pró-Reitor de Ensino, Virgílio Erthal, durante reunião no Campus Ceres
Pró-Reitor de Ensino, Virgílio Erthal, durante reunião no Campus Ceres

Equipes das pró-reitorias de Ensino e de Extensão realizam a partir desta semana a Ação Integrada Itinerante. Trata-se de reuniões temáticas em todos os campi para discutir a curricularização da extensão.

Os primeiros encontros foram realizados em Urutaí, na quarta-feira, 29, e em Ceres, na quinta-feira,30, e fazem parte da Semana Pedagógica das unidades. Na sexta-feira, 31, estão previstas reuniões em Hidrolândia e Morrinhos. O reitor substituto do IF Goiano, Elias Monteiro, acompanha as discussões.

A curricularização da extensão consiste na implementação de atividades de extensão ao currículo e no percurso formativo do estudante. Tal exigência se estabeleceu por meio da Meta 12.7 da Lei 13.005/2014, que aprova o Plano Nacional de Educação (PNE 2014/2024).

Além desse dispositivo, houve a publicação da Resolução CNE/CES 07/2018, que assegura em suas diretrizes pelo menos 10% do total de créditos curriculares dos cursos de graduação em atividades de extensão, orientados prioritariamente para as áreas de grande pertinência social. Desde então, o IF Goiano tem realizado um esforço conjunto para discutir e atender a legislação prevista, por meio de reuniões, mesas-redondas e oficinas.

De acordo com a assessora de Graduação da Proen, Hellayny Godoi, - presente nos encontros da Ação Itinerante -, entre os desafios já levantados para se implementar essa curricularização estão a necessidade de interação dialógica e democrática com a sociedade e o respeito às diversidades culturais e econômicas das regiões onde os campi estão inseridos.

Segundo ela, há que se consensuar, também, formas de implementar a curricularização sem aumentar a carga horária dos cursos, sobretudo para os noturnos, ofertados prioritariamente para estudantes trabalhadores. “Desse modo, as atividades de pesquisa e extensão não sobrecarregam os estudantes”, afirma.

Como dito pela assessora, existe, também, a reflexão sobre as possibilidades de incluir a pesquisa nesse processo, considerando a indissociabilidade entre os eixos norteadores dos Institutos Federais, que são o ensino, a pesquisa e a extensão. Um plano de trabalho foi formado para elaborar diretrizes nesse sentido, com formação de comissão e cronograma.  

Próximos encontros – A Ação Integrada Itinerante segue com essa discussão na próxima semana, com alguns encontros já agendados. Em 3 de fevereiro, as equipes da reitoria vão até Campos Belos. No dia 4, em Posse e Rio Verde; dia 6, em Catalão e Ipameri. No dia 7, em Iporá (veja agenda abaixo).

 

Acesse:

Cronograma da Ação Integrada Itinerante

Curricularização da extensão é tema de mesa-redonda

IF Goiano discute curricularização da pesquisa e extensão

Saiba mais sobre a curricularização no IF Goiano

 

Diretoria de Comunicação Social e Eventos

registrado em:
Fim do conteúdo da página