A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
Empreendedorismo

Campus Ceres apresenta sua primeira empresa júnior

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Terça, 04 de Janeiro de 2022, 13h17 | Última atualização em Sexta, 07 de Janeiro de 2022, 11h14 | Acessos: 68

Com um ano de atuação na área de consultoria agropecuária, a AgrePec tem grande portfólio de serviços e preços competitivos.

Conhecida como AgrePec, o Instituto Federal Goiano (IF Goiano) – Campus Ceres apresenta a sua primeira empresa júnior, a Consultoria e Planejamento Agropecuário Jr. Fruto de esforços de estudantes e da gestão da unidade, a empresa, que já é um sonho de muitos anos, começou a ser criada ainda no primeiro semestre de 2020, tendo iniciado suas atividades oficialmente em outubro do mesmo ano.

A equipe da AgrePec é formada por 13 acadêmicos, dos quais, 11 fazem parte da formação original da empresa e dois ingressaram no fim de 2021, no primeiro processo seletivo da AgrePec.  “Temos um amplo leque de serviços tanto da parte agronômica quanto de zootecnia”, informa o diretor-presidente da empresa, Pedro Santhyago, acadêmico do bacharelado em Agronomia. A empresa está apta a atuar em serviços que vão desde a análise de solo e coleta nematológica, assistência técnica na produção animal e cadastro ambiental rural, até manejos nutricional e sanitário e regulagem de máquinas agrícolas.

Atendimento remoto – Criada durante a pandemia de Covid-19, a empresa tem atuado basicamente de forma remota, com algumas exceções como eventos presenciais da sua área de atuação – sempre seguindo os protocolos de biosegurança. E isso não é de todo ruim pois, nesse tempo, a empresa quer organizar seu escritório para atendimento ao público.

“Atualmente o atendimento está sendo feito somente de forma remota, pelos telefones, redes sociais, ou site da empresa. Ainda não temos uma sede dentro do Campus Ceres, mas no próximo ano os planos são de estabelecer um escritório por lá. Temos o total apoio da gestão para que isso aconteça”, explica Pedro.

Isso não significa que a atuação se resume apenas ao Vale de São Patrício: “vou destacar uma assistência que demos a um produtor de hortaliças, que produzia em um sistema hidropônico, de Ipatinga, Minas Gerais”, conta o diretor-presidente.

Preços competitivos – Conforme Pedro, os valores dos serviços prestados buscam ir ao encontro da necessidade do produtor. “O preço é competitivo, não podemos trabalhar com preços desleais, mas sempre procuramos ajudar o produtor de forma a agregar”, explica. E isso tem a ver com a própria missão da empresa, que é ofertar suporte técnicos para nossos clientes a fim de promover o desenvolvimento técnico da agricultura e da agropecuária.

A tabela de valores é definida de acordo com o serviço a ser prestado, naturalmente. O valor recebido é destinado para a AgrePec, seja para manutenção, compra de equipamentos, e até mesmo para a capacitação dos membros. “Nós membros não recebemos salário, somente a experiência, que muitas das vezes é impagável”, conta o diretor-presidente.

Público e atendimento – Todas as pessoas interessadas, do pequeno produtor familiar ao grande latifundiário, podem contratar os serviços da AgrePec. Atualmente as formas de contato são:

página da empresa: agrepec.com.br;

e-mail: agrepec@gmail.com

perfil no Instagram: @Agrepec_jr;

telefones: (62) 9 8611-2695, (62) 9 9169-3122, (61) 9 9820-3004

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social - Campus Ceres, Adaptada

registrado em:
Fim do conteúdo da página