A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página

Diversos projetos com temáticas culturais serão desenvolvidos ao longo do ano

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Segunda, 25 de Março de 2019, 18h52 | Última atualização em Sexta, 29 de Março de 2019, 10h10 | Acessos: 275

Último edital de seleção de projetos de extensão e de arte e cultura aprova várias propostas de ações ligadas à música, dança, literatura e também, atividades envolvendo a cultura afro-brasileira e indígena.

Além dos selecionados no edital de seleção de projetos de arte e cultura, várias propostas envolvendo ações culturais foram aprovadas também no edital de seleção de projetos de extensão, uma demonstração de que a temática ganha força no campus, com envolvimento de alunos, professores e técnicos administrativos.

Casa de Cultura

Desde a inauguração da Casa de Cultura, várias ações artísticas e culturais estão ocorrendo, a exemplo, do Encontro Semanal de Circo, dos ensaios de música e da Cia de Teatro Liberté e da aula de FitDance. No entanto, as atividades serão ampliadas com a recente aprovação dos novos projetos, ações essas que terão a assistência de bolsistas do projeto intitulado “Gerenciamento e produção das atividades culturais na Casa de Cultura NAIF”, coordenado pela professora Lídia Nunes Carvalhaes.

Música, dança. literatura e cinema

Em relação à música, foi aprovado o projeto Música no Campus, de autoria do professor Carlos Antônio Cardoso Sobrinho, que consiste na preparação de músicos por meio de aulas de canto e instrumentos.

Já “A dança em seus diferentes ritmos” é outra proposta aprovada, assim como “A iniciação à catira”. A primeira será coordenada pela professora Aline Ditomaso e a segunda, pelo professor Elis Aparecido Bento. Outro projeto que envolve música e dança é o Conexão Goiás-Nordeste, de Roberto Eduardo Castillo Pizarro.

A literatura também terá seu espaço, por meio do projeto “O que é um leitor? A literatura como forma de ler o mundo”, coordenado pela professora Wilciene Nunes do Vale. O cinema será representado pelo projeto “Campus Rio Verde: Cine Científico” de Jaliston Júlio Lopes Alves. Outro projeto na linha de audiovisual é o "Processo formativo para produção de vídeos institucionais", coordenado pela comunicadora social do Campus, Ada Bispo e orientado pelo professor Leonel Diógenes Carvalhaes. A proposta tem ainda a colaboração de profissionais da comunidade externa, Leandro Sacs (radialista e publicitário) e Arthur Victor Pereira Pádua (cinegrafista e publicitário). 

Negros e índios

Sobre a cultura afro-brasileira e indígena, a professora Patrícia Gouveia Nunes dará continuidade às atividades de valorização do negro e do índio, um trabalho que está sendo desenvolvido há cerca de dois anos. Dessa vez, a professora desenvolverá o projeto “Contando histórias: conhecendo nossa cultura afrobrasileira e indígena”.

Sobre a mulher negra, Lorrainy Gomes dos Santos desenvolverá uma série de diálogos envolvendo o Núcleo de Estudos e Pesquisas Afro-brasileiros e Indígenas (Neabi), Núcleo de Ciência, Arte e Cultura (Naif) e o Grupo de Mulheres Negras Malunga de Rio Verde.

As atividades terão início no mês de abril, logo após à regulamentação dos documentos dos bolsistas junto à Diretoria de Extensão.

 

Seção de Comunicação Social e Eventos

Fim do conteúdo da página