A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
Novos Caminhos  

Realizada cerimônia de encerramento de cursos FIC

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Terça, 15 de Setembro de 2020, 16h42 | Última atualização em Sexta, 18 de Setembro de 2020, 18h40 | Acessos: 104

Evento simboliza a etapa final dos cursos da primeira pactuação do Programa com o IF Goiano. Instituição formará 4.177 novos profissionais por meio de 33 cursos, distribuídos entre dez unidades do Instituto.

O Instituto Federal Goiano (IF Goiano) realizou, na tarde desta terça-feira, 15, cerimônia simbólica de encerramento dos cursos da primeira pactuação com o Programa Novos Caminhos, do Ministério da Educação. Até o final de outubro, a Instituição formará 4.177 novos profissionais para o mundo do trabalho, por meio da oferta de 33 cursos na modalidade à distância, ministrados por dez campi do Instituto.

A cerimônia contou com a presença do coordenador-geral de Fomento aos Sistemas de Ensino da Educação Profissional e Tecnológica da Setec, Gilson Ricardo Daniel, do reitor do IF Goiano, Elias Monteiro, da pró-reitora de Extensão, Geísa D’Ávila, do coordenador dos cursos FIC EAD do IF Goiano, Eduardo Viana e dos diretores gerais dos campi ofertantes dos cursos, dentre eles, professor Fabiano Guimarães, do Campus Rio Verde.

Por meio dessa primeira pactuação foram formadas 88 turmas com alunos de 357 municípios de todas as regiões do país e Distrito Federal. De acordo com a coordenação dos cursos FIC EAD do IF Goiano, nesta primeira oferta, o Programa recebeu 10.225 inscritos, para 6.350 vagas. O perfil dos alunos matriculados corresponde a estudantes de 18 a 78 anos de idade, em sua maioria com ensino médio concluído e renda de até dois salários mínimos.

Abrindo os discursos, o coordenador da Setec, Gilson Daniel, explicou que a oferta do Programa nasceu do desafio de transformar os momentos difíceis em uma oportunidade de gerar qualificação para um cenário futuro. O diretor destacou a importância do IF Goiano em assumir esse compromisso em um cenário cheio de incertezas e novos desafios gerados pela pandemia. “Uma instituição que conseguiu fazer acontecer, que fez com que mais de quatro mil alunos tivessem acesso a essa qualificação de qualidade”, afirmou.

O reitor do IF Goiano, Elias Monteiro, reforçou a postura da Instituição em não parar com as atividades acadêmicas, além de assumir novas ações mesmo quando o cenário ainda era incerto. Além da qualificação, o reitor espera que os formandos possam ter aprendido também a fazer uma leitura desse mundo que agora se mostra tão diferente.

Na mesma linha, a pró-reitora de Extensão, Geísa D’Ávila, destacou os desafios e a coragem da Instituição ao assumir o compromisso com a oferta do Programa. A pró-reitora espera que as próximas duas pactuações que a Instituição ainda tem com os Novos Caminhos sejam concluídas com o mesmo êxito. “O fato da oferta ter atingido o país inteiro, mostra que o Programa está cumprindo o papel da Educação Profissional e Tecnológica”, destacou.

Depoimentos – Os relatos de alunos sobre a satisfação pela oportunidade de qualificação nesse cenário de pandemia foi momento marcante durante a cerimônia. Para a aluna do curso de Auxiliar Pedagógica, do Campus Cristalina, Aline Aparecida Dias, a Educação é instrumento de liberdade. Por meio da qualificação obtida, a estudante afirmou que terá um novo olhar sobre a prática do dia a dia como professora. “Me proporcionou mais uma forma de desenvolver o trabalho na área educacional, pois, desde sempre fui apaixonada por ensinar”, explicou.

Estudante do mesmo curso, porém ofertado pelo Campus Morrinhos, Luan Ribeiro, que mora em Belo Horizonte (MG) e faz graduação em engenharia, contou que participar do curso foi uma experiência maravilhosa por proporcionar a oportunidade de conhecer mais sobre a profissão que pretende atuar, que é a de professor. “Foi um divisor de águas para mim, para conhecer esse ofício que é tão importante”, afirmou.

Já a aluna do curso de Microempreendedor Individual, também ofertado pelo Campus Morrinhos, Michelle Laras, o desafio foi estudar na modalidade à distância. Michelle fez questão de destacar o suporte dado pela Instituição. “Com todo o conteúdo aprendido pude abrir os meus olhos para a ideia de abrir o meu próprio negócio no futuro”, concluiu.

O Campus Rio Verde ofertou os cursos de Piscicultor, Fruticultor, Agricultor Florestal, Produtor de Cerveja e Programador de Web. Os trabalhos são coordenados pela Diretoria de Extensão.

 

Clique e veja mais depoimentos de participantes do Programa

Clique e acesse o cronograma dos cursos

 

Diretoria de Comunicação Social

Fim do conteúdo da página