A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página

Mobiliário e aparelhos de ar condicionado são instalados em salas de aula e laboratórios

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Segunda, 12 de Julho de 2021, 16h31 | Última atualização em Quarta, 28 de Julho de 2021, 11h03 | Acessos: 303

Departamentos administrativos também receberam novos aparelhos de ar condicionado. De acordo com o diretor-geral, os investimentos atendem a reivindicações de alunos e servidores.

No período de calor, as temperaturas em Rio Verde costumam passar de 35 graus, causando desconforto para alunos e servidores. Em preparação para o retorno das aulas presenciais, a unidade está equipando salas de aulas, laboratórios e departamentos administrativos com novos aparelhos de ar condicionado. Foram instalados 26 aparelhos no Bloco de Biologia e 8 aparelhos no Prédio Pedagógico 1. A Casa de Cultura recebeu 2 aparelhos e outros dois foram instalados no Centro de Estudos Sociais e Aplicados (Cesa).

No Prédio Administrativo foram instalados 12 aparelhos, sendo 2 no mini-auditório da Diretoria de Extensão e 10 em gabinetes administrativos.

Outro investimento são os móveis planejados para os laboratórios.

Segundo o diretor de pesquisa, pós-graduação e inovação do campus, professor Adriano Jakelaitis, a instalação de armários e bancadas adaptados às especificidades de cada laboratório ajudam na dinâmica para o manuseio correto de aparelhos e material de pesquisa.

Para a professora Suzana Loures, que coordena o Laboratório de Águas e Efluentes, o novo mobiliário, além de ajudar na organização do laboratório facilitando a rotina diária, permite que vidrarias e reagentes estejam protegidos, já que estarão guardados em compartimentos fechados.

Neste laboratório são realizadas pesquisas e práticas de ensino voltadas para a quantificação de parâmetros físico-químicas em águas e efluentes. Possui diversos equipamentos, como condutivimetro; pHmetro; turbidimetro; autoclave; estufa para DBO; bloco digestor para DQO; capela; bomba a vácuo; sistema de filtração a vácuo; capela de fluxo laminar biológica e espectrofotômetro de UV-Vis, dentre outros.

Além do Laboratório de Águas e Efluentes, também receberam novo mobiliário os seguintes laboratórios:

Complexo de Laboratórios de Cultura de Tecidos Vegetais;
Hidráulica e Irrigação; 
Química e Produtos Naturais; 
Biomoléculas e Bioensaios; 
Fertilizantes Organominerais e Fotoquímica; 
Águas e Efluentes;
Bioquímica e Metabolismo Animal; 
Ecofisiologia e Produtividade Vegetal; 
Forragicultura e Pastagens; 
Pós-Colheita de Produtos Vegetais; 
Saneamento e Meio Ambiente;
Plantas Daninhas;
Metabolismo e Genética da Biodiversidade.

De acordo com o diretor-geral do campus, professor Fabiano Guimarães, assim que houver entrada de mais recursos, outros laboratórios serão contemplados com um novo mobiliário.

 

Seção de Comunicação Social e Eventos

 

Fim do conteúdo da página