A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página

Área de preservação permanente recebe plantio de mais de mil mudas de árvores

Publicado: Segunda, 05 de Fevereiro de 2018, 14h50 | Última atualização em Quarta, 07 de Fevereiro de 2018, 15h41 | Acessos: 201

A ação faz parte do projeto Rio Verde Mais Verde, uma parceria entre o IF Goiano e a prefeitura do município.

O plantio aconteceu na manhã de sábado (03) e mobilizou dezenas de pessoas, entre crianças, jovens e adultos. Uma Área de Preservação Permanente (APP), situada ao lado do EcoPonto de Rio Verde, no bairro Nilson Veloso II, foi contemplada pelo trabalho dos voluntários que realizaram o plantio de mais de mil mudas de árvores. A iniciativa faz parte do projeto “Rio Verde mais Verde” - uma parceria entre a Secretaria do Meio Ambiente de Rio Verde e o Instituto Federal Goiano (IF Goiano), por meio do Jardim Botânico Rio Verde.

O projeto objetiva promover a arborização urbana, realizando a substituição de espécies por outras mais adequadas para a região, buscando assim, melhorar o micro clima, diminuir a poluição sonora e favorecer o retorno de animais para as áreas de preservação. “O projeto é fundamental para a cidade, porque uma única arvore é importante; Já várias, promovem a  qualidade de vida e a produção de ar assim como a de água”, disse a secretária do meio ambiente Marion Kompier.

Jardim Botânico

O Jardim Botânico Rio Verde é uma unidade vinculada à Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação do IF Goiano Campus Rio Verde, cujo objetivo é a promoção de ações e pesquisas para a proteção e conservação de espécies vegetais de importância ecológica e, ou econômica e ainda, constituir-se de espaço para a Educação Ambiental e o lazer contemplativo. Segundo o superintendente do meio ambiente, Renan Silva Machado, a parceria entre o Jardim Botânico com a Prefeitura é primordial, pois é por meio do Jardim Botânico que estudos e pesquisas são realizados, determinando assim, quais espécies são adequadas para a arborização na região. 

 

Colaborou: Victor Camilo

Setor de Comunicação Social e Eventos

curta nossa fanpage

Fim do conteúdo da página