A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página

IF Goiano orienta planejamento de sistemas integrados

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Terça, 02 de Abril de 2019, 20h11 | Última atualização em Quarta, 10 de Abril de 2019, 21h20 | Acessos: 229

O atendimento aos produtores acontece no estande da instituição na Tecnoshow Comigo, do dia 8 a 12 de abril em Rio Verde.

Produtores interessados em sistemas integrados de produção agropecuária poderão contar com a ajuda do Instituto Federal Goiano (IF Goiano) na Tecnoshow Comigo 2019 para realizar planejamento para sua propriedade. No estande da instituição no evento, pesquisadores estarão disponíveis para discutir a implantação ou adequação de projetos desses sistemas, também conhecidos como integração lavoura-pecuária-floresta.

De acordo com a pesquisadora do IF Goiano, Darliane de Castro Santos, os sistemas integrados são reconhecidamente sustentáveis ambiental e economicamente, mas devido a sua complexidade, os componentes devem ser escolhidos com cuidado. “Um bom planejamento para o sistema é essencial para alcançar resultados e, para realizar esse planejamento, os produtores e profissionais devem levar em conta as características da propriedade e da região”, explicou ela.

O IF Goiano, que é uma instituição pública de educação, ciência e tecnologia, conta com unidades experimentais de sistemas integrados em cinco diferentes regiões de Goiás, nos municípios de Rio Verde, Montes Claros de Goiás, Iporá, Hidrolândia e Morrinhos. O objetivo dessas unidades é encontrar soluções para diferentes tipos de clima, solo e contextos produtivos do cerrado goiano.

Em Rio Verde, por exemplo, solo e clima favorecem as culturas de grãos e predomina a agricultura empresarial. Por isso, nas duas unidades de ILPF do IF Goiano da região os pesquisadores estão testando a integração de culturas agrícolas, como milho, girassol e sorgo com alguns tipos de capim comumente utilizados na alimentação animal. O objetivo dos experimentos é avaliar como esses capins podem ajudar na produtividade de soja da safra seguinte.

A Comigo é uma das parceiras do projeto, que conta ainda com o apoio da Embrapa, Rede de Fomento iLPF, Gapes, Ikeda, Unipasto, Sementes Moeda e diversos produtores rurais que cederam áreas para os experimentos e dias de campo.

A experiência nesses projetos é uma referência importante para os produtores rurais que visitarem o estande do IF Goiano. A equipe que conduz os experimentos vai auxiliar na escolha de componentes para o sistema e na definição de cronograma, de acordo com os objetivos e aptidões produtivas de cada um, tamanho e características das propriedades.

Assessoria de Comunicação do Polo de Inovação

Fim do conteúdo da página