A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página

Embrapii

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Terça, 18 de Julho de 2017, 18h20 | Última atualização em Terça, 05 de Setembro de 2017, 16h11 | Acessos: 1631

IF Goiano recebe visita de avaliadores que analisam proposta de credenciamento de equipe da instituição como Polo Embrapii em Tecnologias Agroindustriais.

imagem sem descrição.

O Instituto Federal Goiano (IF Goiano) recebeu nesta segunda e terça-feira, 17 e 18, no Campus Rio Verde, visita da equipe de avaliadores da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii). A equipe avalia a proposta do IF Goiano para credenciamento como Polo Embrapii. O resultado da avaliação deve ser divulgado até 1º de setembro.

O objetivo da Embrapii é fomentar a cooperação entre instituições de pesquisa tecnológica e a indústria. Para isso, são feitos credenciamentos de equipes nessas instituições, as unidades Embrapii, que possuem reconhecida excelência em sua área de atuação. Além da marca Embrapii, essas unidades recebem recursos financeiros não-reembolsáveis.

No entanto, “são as empresas parceiras que devem colocar as demandas e financiar boa parte da pesquisa”, explicou o diretor de operações da empresa, Carlos Eduardo Pereira, que participou da equipe que visitou o IF Goiano. As instituições de pesquisa participam desse investimento fornecendo, por exemplo, laboratórios, horas de trabalho de professores/pesquisadores, bolsas para alunos, entre outros.

A proposta do IF Goiano é voltada para a área de Tecnologias Agroindustriais e integra servidores da Rede Arco Norte/ Polo de Inovação e do Campus Rio Verde. Além de reuniões para discutir planos e metas, a equipe de avaliadores visitou os laboratórios do campus que estão vinculados à proposta.

Para o professor Alaerson Maia Geraldine, coordenador responsável pela proposta, a visita da equipe possibilitou compreender melhor a dinâmica de uma unidade Embrapii, o que vai permitir adequar a proposta. “Nós, pesquisadores, temos todas as condições de atender as demandas por inovações da indústria, mas precisamos fazer adequações em termos de gerenciamento dos processos e projetos”, explicou o professor.

No encerramento das reuniões, o reitor do IF Goiano, Vicente Pereira de Almeida, comentou a importância do credenciamento Embrapii e das parcerias com a iniciativa privada em geral para pesquisa, desenvolvimento e inovação: “Além da formação de recursos humanos, o IF Goiano tem esse compromisso específico com o desenvolvimento tecnológico em Goiás”, completou ele.

Assessoria de Comunicação da Rede Arco Norte/ Polo de Inovação

 

Fim do conteúdo da página