A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
Simpósio

Instituições discutem participação da mulher na política

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Terça, 20 de Agosto de 2019, 17h28 | Última atualização em Terça, 27 de Agosto de 2019, 13h33 | Acessos: 159

 O evento foi apresentado à sociedade em coletiva de imprensa realizada na sede do Ministério Público de Goiás na tarde da quarta-feira, 21.

imagem sem descrição.

IF Goiano, UFG, PUC, Universo, FGM, OAB, TJ, MP, Defensoria Pública, CONEM, Alego, Câmara realizam entrevista coletiva para apresentação do 2º Simpósio “A importância da mulher na construção de um parlamento democrático”. A coletiva de imprensa foi realizada na sede do Ministério Público de Goiás na tarde da quarta-feira, 21. O Simpósio tem o objetivo de  buscar uma maior participação das mulheres no Legislativo, o empoderamento feminino e a igualdade de gênero e importância da mulher na construção de um parlamento democrático e ocorrerá simultaneamente em várias capitais do Brasil. O IF Goiano foi representado no evento pela diretora de Extensão, Geísa Boaventura. 

Idealizado pelo senador Luiz do Carmo, o simpósio acontecerá no Centro de Cultura e Eventos Prof. Ricardo Freua Bufáiçal na Universidade Federal de Goiás, no dia 26 de setembro. Composta por doze mulheres, a mesa de palestrantes será composta por vários nomes importantes dos mais variados setores da sociedade. Até o momento, faltando mais de um mês para o evento, as palestrantes confirmadas são a deputada federal Flávia Morais, a deputada estadual Adriana Accorsi, a vereadora de Goiânia Léia Klébia e a advogada e presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB-GO, Ariana Garcia. 

O evento também discutirá o Projeto de Lei do senador que visa estabelecer a reserva de ao menos trinta por cento de cadeiras do legislativo para as mulheres. Após a 2º edição do evento, todas as instituições da comissão organizadora irão propor a realização de uma audiência pública simultânea em 100% dos municípios de Goiás para debater a participação feminina na política.

Para Geísa,  o IF Goiano compreende seu papel como educadores em uma proposta de formação inclusiva, que precisam refletir sobre a vida em sociedade. "Hoje temos 50% de alunos presenciais sendo menonas e mulheres, assim como servidoras. Entendemos que isso é um reflexo das oportunidades que são dadas as mulheres. E destacamos dois programas que estamos envolvidos para atender a mulher. Executamos o programa Mulheres Mil, que visa o resgate de mulher em situação de vulnerabilidade social". A diretora ainda informou que a Instituição também está fechando acordo com o Tribunal de Justiça para capacitação de educadores das redes municipais e estadual. Esse projeto vai qualificar estes profissionais com relação à ações de prevenção de violência contra a mulher. 

Primeira edição - A primeira edição do evento aconteceu no dia 27 de junho, no maior auditório do Congresso Nacional em Brasília. Com a presença de grandes nomes do cenário nacional, como a ministra Cármen Lúcia, senadoras, deputadas, representantes da OAB Nacional, da Organização das Nações Unidas e membros do meio empresarial e sociedade civil. 

Coordenação Geral de Comunicação Social e Eventos

registrado em:
Fim do conteúdo da página