Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Início do conteúdo da página
Gestão

Nova equipe diretiva da Reitoria é apresentada aos servidores do IF Goiano

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Quarta, 07 de Fevereiro de 2024, 16h24 | Última atualização em Quinta, 15 de Fevereiro de 2024, 12h37 | Acessos: 825

Reconduzido ao cargo, o reitor do Instituto renovou a gestão central da instituição para o novo mandato. Lideranças iniciaram os trabalhos em uma semana marcada por reuniões e atividades de apresentações, alinhamento e capacitação.

A semana na Reitoria do Instituto Federal Goiano (IF Goiano) começou agitada em meio a mudanças de salas e com algumas personalidades novas circulando pelos corredores da unidade. Isso porque, tiveram início as reuniões e atividades de apresentações, alinhamento e capacitação da nova gestão central da Instituição. As ações tiveram início na segunda-feira, 5, com a primeira reunião do novo Comitê Gestor da Reitoria, e seguiram na terça e quarta-feira, 6 e 7, com um momento de capacitação e alinhamento para as novas lideranças e outro com apresentação dos novos gestores a todos os servidores do IF Goiano, respectivamente.

Reconduzido ao cargo de reitor, Elias de Pádua Monteiro, investiu em nova composição da equipe e alterações no organograma da reitoria para continuar o trabalho à frente da Instituição. O reitor explica que o grande desafio apresentado pelo cenário atual exige que o IF Goiano continue crescendo em excelência, inovando e sem espaço para ocupar zonas de conforto. “Somos uma Instituição renomada e o momento pede uma instituição mais dinâmica, viva e remodelada", afirma. "Se caminharmos pelas mesmas estradas chegaremos aos mesmos lugares", complementa. Elias compreende que toda mudança que se faz necessária pode gerar desconfortos e precisa de tempo e paciência para ser processada, mas se colocou aberto à possibilidade de reposicionamentos, desde que necessários, destacando que todo trabalho é realizado em prol da Instituição.

Para compor a nova equipe, foram selecionados perfis de lideranças consolidadas na Instituição com o objetivo de formar um grupo com um mesmo nível de excelência. O objetivo do reitor é, com isso, garantir que as metas sejam alcançadas num prazo mais curto de tempo, uma vez que o grupo está nivelado em diferentes capacitações. “Com isso ganhamos tempo e o objetivo é colocar o IF Goiano entre os cinco melhores institutos do país”, afirma. “A ideia é que o trabalho tenha mais sintonia possível”, completa.

Em relação à alterações no organograma, das cinco pró-reitorias existentes anteriormente, o IF Goiano deixará de contar com a pró-reitoria de Desenvolvimento Institucional (Prodi) e passará a ter a pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progep) (Veja abaixo como ficou o organograma e quem está a frente de cada pasta). As novas lideranças foram nomeadas por meio de portaria expedida na última quinta-feira, 1º de fevereiro. O reitor será reconduzido ao cargo em março pelo Ministério da Educação (MEC). Após sua recondução, será realizada a cerimônia de posse dos novos diretores gerais dos campi.

Valores – Equidade, comprometimento e integração. Esses foram os três valores definidos pelo novo Comitê Gestor e que nortearão as ações da gestão em 2024.

Elias destaca que a equidade não está no tratamento igualitário, mas sim no reconhecimento das diferenças. De acordo com a nova gestão, ela garante que os servidores tenham acesso ao que cada um precisa, para que todos tenham as mesmas oportunidades. Já o comprometimento está relacionado ao compromisso com a Instituição, sentimento de pertencimento e ao agir com vigor, dedicação, responsabilidade e envolvimento. Enquanto a Integração busca a colaboração, cooperação e sinergia entre setores ou unidades, por meio de uma comunicação aberta e humanizada.

Além dos valores, o reitor também pautará suas ações na consolidação da identidade dos Institutos Federais no IF Goiano. Para o dirigente máximo do IF Goiano, o projeto pedagógico dos IFs é único no mundo. “Somos ilhas de excelência dentro desta proposta e afastar desse projeto pode nos fragilizar, pois já existem outros modelos pedagógicos”, explica.

 

 

Diretoria de Comunicação Social

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página