A barra do Governo Federal só poderá ser visualizada se o javascript estiver ativado. Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

GTranslate

    pt    en    fr    es
Página inicial > Projetos > Uepe - Integração lavoura-pecuária-floresta
Início do conteúdo da página

Uepe - Integração lavoura-pecuária-floresta

0
0
0
s2sdefault
Publicado: Quinta, 01 de Março de 2018, 19h51 | Última atualização em Terça, 21 de Maio de 2019, 18h46 | Acessos: 2220

       

O que são as UEPE?

As Unidades de Ensino, Pesquisa e Extensão (UEPE) de integração lavoura-pecuária-floresta do IF Goiano constituem espaços experimentais e ambientes para troca de experiências, com a finalidade de difundir esse sistema produtivo. Entre as atividades realizadas nas UEPE do IF Goiano estão:

  • Aulas demonstrativas e práticas;
  • Experimentos e validação de tecnologias;
  • Extensão rural e transferência de tecnologia.

Vale ressaltar que os sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta são reconhecidamente sustentáveis, ambiental e economicamente. Entretanto, devido à maior complexidade, os componentes do sistema devem ser escolhidos com cuidado, levando em conta as características da propriedade e da região.

Nesse sentido, com relação às atividades de pesquisa, as UEPE do IF Goiano buscam encontrar soluções básicas (ou iniciais) para o Cerrado, que se adaptem às diferentes condições de solo, clima e aptidões produtivas existentes no estado de Goiás.

A expectativa é que, ao longo do tempo, os produtores que adotarem o sistema e seus consultores testem e descubram espécies e variedades ainda mais adaptadas às peculiaridades de suas propriedades e regiões.

Atualmente, o IF Goiano conta com UEPE nos municípios de Iporá, Montes Claros de Goiás, Morrinhos e Rio Verde.

Os projetos contam com diversos parceiros: Embrapa, Rede de Fomento iLPF, Comigo, Emater Goiás, Ikeda, Unipasto, Sementes Moeda  e produtores rurais.

O projeto

A difusão dos sistemas integrados de produção agropecuária faz parte de um projeto mais amplo do IF Goiano, que visa ampliar o diálogo da comunidade científica com produtores e com a sociedade como um todo.

No contexto atual, cidadãos/consumidores buscam alimentos saudáveis e produzidos de forma sustentável. Além disso, a crescente demanda por alimentos exige do Brasil que produza mais, sem causar desequilíbrios ambientais e comprometer os recursos naturais.

Uma das respostas a esse desafio é a adoção de sistemas produtivos mais eficientes e sustentáveis, como a integração lavoura-pecuária-floresta. Trata-se de uma das maneiras de produzir em consonância com os atuais valores da sociedade.

A ideia nasceu de uma parceria com o Instituto Fórum do Futuro, que começou em 2017, dentro das discussões do Projeto Rio Verde, Capital do Futuro Sustentável. O interesse de produtores e a articulação entre as instituições envolvidas, no entanto, ampliou a abrangência do projeto (que inicialmente contemplava apenas Rio Verde), culminando na implantação, pelo IF Goiano, de UEPE em cinco municípios goianos.

Fim do conteúdo da página